Já fomos todos avisados muitas vezes. Não parece ser, portanto, caso de falta de informação. A password pessoal tem de ser forte para impedir invasões de privacidade ou até acções mais prejudiciais como o roubo de identidade. Talvez seja preguiça ou falta de imaginação, mas as passwords mais usadas continuam a ser "123456", "password" ou "qwerty".

O estudo da empresa SplashData teve como amostra 3.3 milhões de passwords que foram devassadas durante 2014, principalmente de utilizadores dos Estados Unidos e da Europa. As acima referidas são as mais populares, ao lado de um conjunto de diferentes sequências numéricas e de palavras como "dragão" e "futebol".

Publicidade
Publicidade

Este é o quarto estudo da empresa e desde 2011 que o top 2 de passwords mais perigosas vai para "123456" e "password". Mas este ano, curiosamente, aparecem novidades como "696969" e "batman".

"As passwords baseadas em padrões simples do nosso teclado continuam populares, apesar de serem fracas", revelou Morgan Slain, presidente da SplashData, no site da empresa. "Qualquer password que use só números deve ser evitada, especialmente sequências", advertiu.

Chris Doggett, da firma de segurança informática Kaspersky Lab, afirmou ao "Washington Post": "Mas eu acho, em geral, que os utilizadores estão mais atentos. As pessoas estão mais espertas, de uma forma geral, e suspeitam de emails de remetentes que não conhecem e não carregam em links".

Com a publicação destes estudos, Slain pretende apenas chamar a atenção das pessoas para os perigos do uso de passwords fáceis de adivinhar.

Publicidade

"Usem passwords fortes e usem diferentes passwords para diferentes sites", aconselhou. Mais de 8 caracteres e caracteres mistos são formas simples de criar passwords mais fortes.

Mas, para consciência pública, aqui ficam exemplos daquelas que continuam no top 50 das passwords mais utilizadas (para alem das já mencionadas) e que, por isso, devem ser imediatamente excluídas dos vossos computadores: aniversários, "abc123", "12345", "123456789", "mustang", "macaco" ou "superhomem".