Numa notícia surpreendente disponibilizada na apresentação do futuro Windows 10, feita hoje pela Microsoft, foi anunciado que o sistema operativo será oferecido como um download gratuito para os utilizadores dos Windows 7, 8 e 8.1. Segundo a companhia americana, esta seria uma tentativa de eventualmente uniformizar todos os utilizadores dos seus sistemas operativos, incluindo telemóveis e tablets, terminando com o que consideram ser uma conturbada escolha de compatibilidades para os programas hoje existentes. A conferência de hoje também confirmou diversas potencialidades já apresentadas em Setembro, assim como algumas novidades que, segundo os porta-vozes da companhia, irão melhorar consideravelmente a experiência.

Publicidade
Publicidade

Mais ainda, confirmou-se que apesar de os menus do Windows 10 estarem redesenhados para maior eficiência, existe a possibilidade de apresentar o ambiente de trabalho segundo os moldes dos sistemas operativos anteriores para aqueles que se sintam mais confortáveis com o seu uso.

O programa de assistência pessoal Cortana, que havia sido estreado nos smartphones, também será integrado no Windows 10, desta feita numa versão muito mais capaz e desenvolvida com base em toda a experiência obtida anteriormente. Afirma-se que é capaz de simular uma conversa num tom natural e será uma parte indissociável do sistema operativo. Aliás, considera-se este elemento tão poderoso e eficiente que ele é descrito como o núcleo do mesmo. Para aqueles que prefiram não ser "importunados" pelo Cortana existe, claro, a possibilidade de lhe limitar o que pode pesquisar e armazenar.

Publicidade

Novas aplicações ou variantes de antigas foram apresentadas, todas redesenhadas, sobretudo a nível visual, e trabalhadas para serem integradas a partir da loja virtual. Aliás, declarou-se que haverá uma ampla escolha de aplicações para todo o tipo de funções, desde tratar fotos até calendários e muito mais.

Para além disso também foram anunciados outros avanços, sobretudo na experiência online, uma vez que se irão integrar aplicações pertencentes ao grupo Microsoft, como o Skype. O novo browser, ainda conhecido como Spartan (curioso como os nomes destes novos programas parecem inspirados nos videojogos Halo), também foi apresentado, também ele pensado para facilitar a navegação, incluindo um modo de leitura que converte artigos e outros textos de modo a que fiquem mais fáceis de ler. Como tudo o resto, é implementado no assistente pessoal, uniformizando a experiência, e colocando todas as informações num único local, de modo a que se possam aceder mais facilmente. Infelizmente, a data de venda ainda não foi apresentada. #Inovação