Na passada quarta-feira, dia 25, o Facebook fez uma publicação na sua página oficial a anunciar que iria ser lançado, nos próximos meses, um novo mecanismo para ajudar a combater o suicídio nos EUA. A forma de o fazer é muito simples: sempre que se detectarem mensagens de conteúdo suicida na cronologia de um utilizador, serão enviadas uma série de notificações a disponibilizar ajuda, havendo a possibilidade de se ser avaliado por uma equipa de profissionais. Os amigos e familiares, e até mesmo profissionais da rede social, podem denunciar as publicações que considerarem ser um indício de que alguém está em risco de cometer suicídio.

Com esta nova funcionalidade, o Facebook vai começar a implementar uma nova opção dentro de cada post, que permite que os utilizadores sinalizem um amigo que partilha pensamentos suicidas e que pode estar a considerar auto-mutilar-se.

Publicidade
Publicidade

Para isso, basta clicar na pequena seta localizada no canto superior direito da publicação e seleccionar "Report Post". Quando a pessoa que foi sinalizada voltar a fazer login recebe uma mensagem com as seguintes opções: 1) contactar o amigo que sinalizou; 2) pedir ajuda a outro amigo; 3) ser colocado em contacto com uma linha de apoio ao suicídio.

Os sinais que indicam que alguém pode estar a pensar cometer suicídio passam muitas vezes despercebidos. Porém, com as novas redes sociais é normal que os jovens partilhem nos seus perfis informações que podem ajudar a detectar com antecedência possíveis tentativas de suicídio. Com mais de um bilião de utilizadores, o Facebook tem um papel importante em manter as pessoas conectadas. Além de servir como um espaço onde se pode partilhar uma boa notícia, também será uma plataforma de entreajuda, onde os utilizadores podem solicitar apoio dos seus amigos digitais.

Publicidade

A rede social teve a preocupação de fazer parceria com algumas organizações de saúde mental norte-americanas, de modo a ser mais fácil para os utilizadores demonstrarem a sua preocupação. Assim, cada vez que uma pessoa for notificada pelo Facebook a informar que um amigo estava preocupado consigo, o utilizador tem oportunidade de consultar um especialista em saúde mental do National Suicide Prevention Lifeline. Inicialmente a nova ferramenta apenas estará disponível nos EUA. No entanto, a famosa rede social pretende estender esta funcionalidade a outros países.