Esta é uma funcionalidade que permite a um herdeiro utilizar a conta, mas que ainda não se encontra disponível em Portugal. O nome da funcionalidade é "contacto de legado" e pode ser usada pela pessoa escolhida pelo utilizador da conta em questão para herdar a gestão da sua conta de Facebook em caso de morte. Segundo avança o Diário de Notícias na sua página online, a funcionalidade foi anunciada esta quinta-feira. A mesma vai permitir aos utilizadores definirem, desde logo, quem vai herdar a gestão da sua página depois da morte do utilizador.

Até agora era possível, aos familiares e amigos, transformarem a conta do ente querido numa espécie de memorial. Depois desta atualização entrar em funcionamento, os que ficam a gerir as contas já podem acrescentar informações, como dados sobre o funeral. Para isso devem primeiro informar a rede social da morte. Depois o herdeiro passa a gerir a conta, podendo colocar informações sobre a pessoa, responder a pedidos de amizade pendentes e atualizar as fotografias.

O responsável poderá ainda baixar as fotografias, mensagens e perfil compartilhadas por essa conta. No entanto, o mesmo utilizador não poderá fazer o login como se fosse a pessoa que morreu, nem ver as suas mensagens privadas. Esta configuração foi primeiro lançada nos Estados Unidos onde nas definições de segurança podem nomear quem vai ficar a gerir a conta. É ainda dada a possibilidade aos utilizadores de apagarem a página.

Em breve ficará disponível noutros países. Por outro lado, para definir o herdeiro, o utilizador deve ir a 'Configurações de Conta', seguir para 'Segurança' e clicar em 'Contacto de Legado'. Aí é depois possível enviar uma mensagem para a pessoa escolhida como herdeiro. A morte deve ser informada à equipa da rede social, enviando uma mensagem, altura em que a conta é transformada em memorial e aí o novo gestor pode aceder.

O Facebook foi lançado em 2004 e, desde então, a rede social criada por Mark Zuckerberg já conquistou mais de um bilião de utilizadores em todo o mundo.

Publicidade
Publicidade