O YouTube, já bastante popular entre os adolescentes, vai lançar uma nova aplicação a pensar especialmente nas crianças. A nova app do serviço de vídeos online da Google vai correr nos smartphones e tablets e deverá conter episódios dos programas preferidos dos mais novos, bem como conteúdos indicados para os pequenos que já estão disponíveis no YouTube. O novo projecto, chamado YouTube Kids, será gratuito e disponibilizado em separado da versão do tradicional do YouTube para telemóveis. O design será "amigo das crianças".

A nova app terá também funções que podem ser controladas pelos pais, como um temporizador que podem utilizar para limitar o tempo que os seus filhos passam a ver vídeos.

Publicidade
Publicidade

Há, no entanto, más notícias para os utilizadores da Apple: a aplicação não estará, pelo menos para já, disponível para o iPad. Inicialmente, só os dispositivos Android poderão utilizar o novo serviço. A Google deverá anunciar a nova app esta segunda-feira, quando Malik Ducard, um dos vice-presidentes da empresa, fizer o discurso de abertura da Kidscreen Summit, uma conferência para a indústria do #Entretenimento para crianças. Para lançar este produto para crianças, a Google terá de respeitar as restritas leis de protecção de menores dos Estados Unidos.

Ainda não se sabe se a aplicação terá algum retorno financeiro para o YouTube, o que significa que também ainda não se sabe como é que os parceiros da empresa farão dinheiro, mas é de esperar que o YouTube pague aos produtores para criarem conteúdos originais para o novo "menino" da Google.

Publicidade

A possibilidade de incluir publicidade nos vídeos está em cima da mesa e, caso se confirme, não deverão faltar interessados. Darcy Bowe, vice-presidente e directora de media da agência de publicidade Starcom, disse ao Wall Street Journal que os seus clientes ficam muitas vezes frustrados com a falta de espaço na publicidade digital dirigida às crianças. Questionada sobre a ideia da nova aplicação do YouTube, segura para crianças, incluir publicidade, Bowe disse: "Claro que estaríamos interessados. Toda a gente iria adorar."

As primeiras notícias sobre a intenção do YouTube de criar uma app para os mais pequenos foram dadas no ano passado pelo The Information. #Família