O relógio da #Apple vai ser lançado em Abril e na China já está disponível a versão chinesa por menos de metade do valor. O lançamento foi feito no TAOBAO, o maior site asiático de comércio da Internet. Aparentemente é uma cópia praticamente perfeita do "smart watch" (relógio da Apple) pelo valor de 300 yuan (cerca de 45 euros). O original na sua versão mais barata irá ser comercializado por 2588 yuan (400 euros). O fabrico de cópias de gadgets e outros produtos, tais como obras de arte e até vestuário, é um acontecimento bastante comum na China. É possível encontrar imitações de tudo incluindo de monumentos à escala. Certas cidades chinesas têm mesmo réplicas da "Torre Eiffel" e do "Arco do triunfo" muito idênticos aos ocidentais.

O relógio da Apple foi anunciado por Tim Cook. O presidente da Apple anunciou esta semana o lançamento do Smartwatch que será comercializado em dez países pioneiros a partir de 24 de Abril. É muito mais que um simples acessório. É completamente ajustado às necessidades dos utilizadores. Vai possuir uma interface para instalação de aplicações o que vai permitir controlar outros dispositivos como a TV e o GPS. Vem com alguns sensores que irão alargar as possibilidades do iPhone nomeadamente no meio desportivo.

Uma das réplicas do relógio da Apple que está a ser vendido online, chama-se "D Watch" e é da YQT Electronic Tecnology CO Ltd. É uma empresa de Hong Kong e o seu director alega que o relógio" é apenas uma peça gira e o seu desempenho não é tão bom como o da Apple, nem tem nada a ver com o original", acrescenta ainda que o design também não é igual e teve algumas modificações. A fábrica que têm mais de 100 funcionários já fabricou 50.000 imitações, porém a sua especialização são os smartphones, a YQT já os fabrica há 8 anos.

Segundo a imprensa chinesa, as vendas de réplicas são um negócio de milhões e ultrapassaram sempre os originais. O relógio "D watch" não será excepção, está há apenas 1 dia no mercado e já foram vendidas milhares de unidades. O pico de vendas foi para o continente asiático, para a Austrália e Estados Unidos da América. #Curiosidades