Descrito por Tim Cook como a "maior notícia desde o lançamento do iPad" no recente lançamento em São Francisco, EUA, este novo dispositivo da família iPad vem colmatar algumas falhas existentes na diversificação de produtos da #Apple. O produto já está em contagem decrescente para o lançamento, sendo que deverá ser lançada em Novembro deste ano. Segundo a empresa, o preço recomendado ronda os $799, no câmbio atual 710 Euros, podendo variar consoante o país.

A mais visível alteração é de facto o seu grande ecrã. A Apple decidiu aumentar o tamanho do ecrã para umas impressionantes 12.9 polegadas e a razão que se prende a esta alteração tão significativa é o mercado que Apple tenta explorar, o dos utilizadores profissionais.

Publicidade
Publicidade

Este pode ser o dispositivo que substituirá os normais portáteis em muitas das suas funções. Além deste ecrã maior e com a tecnologia que já nos habituou como o MultiTouch ou o ecrã Retina, este aparelho é capaz de processar imagens em 4K, bem como apresentar gráficos estonteantes em apresentações empresariais e de negócio.

Além desta novidade, o produto inclui um novíssimo processador A9X de 64 Bits, que fará o produto 80% mais rápido do que o seu antecessor e vem equipado com 4Gb de memória RAM, confirmados ainda antes do lançamento por outros produtos da Apple que já fazem referência a esta característica. Quanto ao espaço de armazenamento, estará disponível entre os habituais 32 GB e os impressionantes 128GB, que deverá rondar os 1079 dólares.

A firma revelou ainda novos acessórios para o dispositivo.

Publicidade

A partir de agora poderemos contar com um caneta digital denominada Apple Pencil, que permitirá uma melhor interatividade. Foi apresentado também um novo acessório, um novo smart keyboard para uma utilização de produtos de escrita e folhas de cálculo como o novo Office da Microsoft para iPad, também apresentado durante a conferência.

No que toca ao sistema operativo, era esperada a apresentação do IOS 9.1 mas por agora o sistema operacional continuará a ser a já existente versão 9. Para além destas novidade e melhorias, o dispositivo, que tenciona ser um concorrente muito forte ao Surface da Microsoft, terá as já habituais características como a opção 3G e ou Wifi, Facetime, entre outras a que Apple já nos habituou.

  #Inovação #Gadgets