Os ataques terroristas do 11 de setembro continuam a ser recordados como sendo uma das maiores tragédias de sempre, sendo as imagens das explosões das Torres Gémeas bastante marcantes mesmo anos depois deste acontecimento. No entanto, um grupo de estudantes franceses resolveu criar um jogo virtual baseado nos ataques ao World Trade Center, cujo nome é "[08:46]". Os jogadores serão colocados na posição de um dos vários trabalhadores que se encontravam na Torre Norte no dia fatídico.

De acordo com o Notícias ao Minuto, após o embate do primeiro avião, o jogador irá percorrer um cenário de pânico que culminará com o suicídio da sua personagem que saltará da janela do edifício.

Publicidade
Publicidade

As reações são recheadas de polémica, tendo alguns dos familiares das vítimas do atentado manifestado o seu desagrado perante o conceito do jogo.

O jogo de VR (Virtual Reality) começou por ser um projeto escolar que durou três meses e que foi gerido por seis estudantes oriundos da França. Dois atores de voz terão também dado o seu contributo para este projeto. O jogo poderá ser jogado recorrendo a Oculus Rift.

Apesar dos jovens envolvidos na criação do projeto terem manifestado que o jogo não é para ser tido como sendo ofensivo, várias páginas, entre as quais a Mashable, recomendam às pessoas que tenham tido alguma experiência pessoal ligada aos atentados para não o jogarem. O diretor criativo Anthony Krafft terá referido ao 9news que durante a elaboração do jogo se focaram em ser fiéis aos acontecimentos do 11 de setembro, visto que os sensacionalismos e outras obscenidades nunca deveriam ser aplicadas por respeito às vítimas dos ataques.

Publicidade

Denise Matuza, uma mulher que no dia fatídico dos ataques perdeu o marido, em declarações ao New York Daily News, teceu fortes críticas ao jogo referindo o seu conceito como sendo algo "nojento" a partir do qual existirão "pessoas doentes" que terão emoções fortes ao jogar. Também nas redes sociais o jogo tem sido alvo de críticas variadas.

"[08:46]" terá tido mais de quatro mil downloads antes de ter sido removido da Oculus Share Store. Entretanto o jogo terá voltado a ser inserido nessa mesma plataforma. #Jogos