Portugal tem atravessado uma vaga de empreendedorismo jovem nos últimos anos. O vice-primeiro-ministro Paulo Portas anunciou a candidatura para a 6ª edição do evento Web Summit e Leonardo Mathias, secretário de Estado da Economia deu seguimento. Lisboa será o local onde se irá realizar a conferência no próximo ano.

Durante este ano, Lisboa foi a considerada a Capital Europeia do Empreendedorismo e, por isso, durante três anos a partir de 2016 vai receber o Web Summit - conferência anual de tecnologia e #Inovação. O anúncio chegou por parte do presidente Paddy Cosgrave. Este evento já conta com cinco anos de existência e passou de cerca de 400 participantes para 30 mil. O objetivo é que os oradores apresentem os novos projetos.

Publicidade
Publicidade

São cerca de 33 startups portuguesas, entre as quais, a Facestore que já é repetente nesta experiência e já conquistou um lugar entre as 200 empresas que foram selecionadas para fazer uma apresentação a investidores.Sendo este evento um sítio privilegiado para a busca de novos investidores e parcerias, são mais de mil oradores que vão falar no MEO Arena, na Feira Internacional de Lisboa, no próximo ano. Esta vai ser a sexta edição de um dos maiores eventos de empreendedorismo a nível mundial, sendo que, em 2014 o Web Summit recebeu mais de 22 mil participantes. Paulo Portas afirma que são esperadas cerca de 40 mil pessoas nesta 6ª  edição e explica que "é uma grande oportunidade para melhorarmos o ecossistema tecnológico português".

Este ano a conferência será na Irlanda e conta com a presença de 30 mil participantes e cerca de 800 oradores, entre eles, o director de tecnologia do #Facebook.

Publicidade