O seu apelido remete para a história da astronomia: o seu irmão William Herschel, astrónomo da corte britânica, descobriu o planeta Urano e as luas de Saturno. Caroline Lucretia Herschel foi, nada mais nada menos, do que a assistente do irmão em Inglaterra, tornando-se numa astrónoma auto-didacta. As suas capacidades levaram-na ao reconhecimento por parte da Royal Astronomical Society em 1828, que distinguiu uma mulher pela primeira vez. Esta quarta-feira, 16 de Março, um doodle da Google celebra o seu 266º aniversário.

A astrónoma nasceu no ano de 1750 em Hanôver, na Alemanha - na época Prússia - e fazia parte de uma família de músicos.

Publicidade
Publicidade

Aos 22 anos de idade mudou-se para Bath, em Inglaterra, e foi viver para perto do irmão William Herschel, com quem aprendeu a gostar de astronomia. Tornou-se sua assistente e foi a primeira mulher a ser paga pelo Estado por colaborar com a Ciência. Caroline Herschel colaborou activamente nas pesquisas do irmão: aprendeu a copiar catálogos astronómicos, a gravar, organizar e sintetizar as observações de William.

Ainda como assistente, Caroline aproveitava as horas de lazer para observar o céu com um telescópio newtoniano. A sua pesquisa levou a que descobrisse vários objectos astronómicos: um dos mais importantes é a M110 (NGC 205), uma galáxia na direcção da constelação de Andrómeda, entre 1783 e 1787. Entre os anos de 1786 e 1797, a irmã Herschel descobriu oito cometas novos.

As descobertas de Caroline permitiram-lhe receber várias distinções, entre elas a Medalha de Ouro da Royal Astronomical Society (1828) e a Medalha de Ouro da Ciência do Rei da Prússia (1846), esta última já nos seus últimos anos de vida.

Publicidade

A astrónoma voltou para a sua terra-natal em 1822, após a morte de William, onde continuou as suas pesquisas e trabalhos de astronomia. Produziu um catálogo de nebulosas para ajudar o sobrinho John Herschel, também ele astrónomo. Caroline Herschel faleceu a 9 de Janeiro de 1848 com 97 anos, em Hanôver, onde foi sepultada.

Muitas descobertas astronómicas foram baptizadas com o seu nome - a cratera lunar C. Herschel faz referência à astrónoma, assim como o asteróide 281 Lucretia, descoberto em 1888. #Google #Personalidades #Espaço