Segundo o site "Business Insider", o jogo virtual esteve na origem de um acidente, na passada terça à noite, em Auburn, Nova Iorque. O condutor de 28 anos embateu contra uma árvore porque estava distraído a jogar Pokémon Go enquanto conduzia. Até à data não existe qualquer tipo de informação sobre o seu estado de saúde.

Pokémon Go, o primeiro jogo da Nintendo para smartphones, tem conquistado inúmeros fãs por todo o mundo. Aliado ao sucesso estão também os perigos que podem estar subjacentes ao uso desta aplicação.

Este é um jogo de realidade aumentada que leva as pessoas a andarem na rua à caça de monstros, capturando-os através de “pokébolas”, fazendo jus ao lema da série “apanhá-los todos”.

Publicidade
Publicidade

Segundo a consultora SensorTower, cerca de 7.5 milhões de jogadores, só nos Estados Unidos, já descarregaram a aplicação. Os números têm vindo a disparar e a aplicação já conta com 1.6 milhões de dólares obtidos apenas através de compras efetuadas.

Para já apenas se encontra disponível nos Estados Unidos, Nova Zelândia e Austrália. No entanto, e devido à forte adesão por parte do público, o diretor de Relações Públicas da Nintendo Portugal, Jorge Vieira, afirma que em breve será lançado na Europa e Ásia.

Esta é, neste momento, uma das aplicações mais descarregadas no Google play e App Store, mantendo-se à frente de redes sociais poderosas, como o Snapchat e Instagram. Este enorme sucesso levou ao aumento de mais de 20%, no valor das ações da Nintendo.

Os perigos

Porém, este é um jogo que tem o seu quê de perigoso, pois pode levar os seus utilizadores para ruas pouco movimentadas, propiciando assim a ocorrência de assaltos.

Publicidade

Além disso, os próprios criminosos utilizam a ferramenta de localização da aplicação para saber quais são as ruas frequentadas pelos utilizadores. Outro perigo está associado ao entusiasmo dos mais jovens que são incitados a sair à rua, durante a noite, em busca de "monstros".

Na Austrália, a polícia já emitiu um comunicado em que alerta as pessoas para os eventuais acidentes que possam ser causados pela utilização desta aplicação. “Eu penso que não deve demorar muito tempo para começarem a existir casos de pessoas com problemas de roubos, atropelamentos e quedas, por estarem mais focados em olhar para o telemóvel do que para a realidade”, afirma um polícia australiano.

Pokémon Go foi lançado no dia 7 de Julho e já alcançou grandes níveis de sucesso, sendo considerado um fenómeno e também um perigo de realidade aumentada. #Entretenimento #Jogos #Insólito