Depois do sucesso conseguido em 2016, o #Web Summit regressa a Lisboa para mais três dias de conferências. A noite de abertura acontece no dia 6 de novembro e os três dias de conferências decorrem de 7 a 9 de novembro. O Web Summit decorreu em Dublin desde 2010 e internacionalizou-se em 2016 para Lisboa, e previa-se que recebesse também o evento também em 2018. No entanto a situação evolui favoravelmente e Lisboa será o palco do Web Sumitt em 2019 e 2020.

Recorde os números do Web Summit em 2016

Em 2016, o Web Summit ultrapassou os 53 mil visitantes e espera-se que na edição deste ano ultrapasse os 60 mil visitantes oriundos dos mais variados continentes, estima-se que os visitantes sejam oriundos de mais de 170 países.

Publicidade
Publicidade

Em 2016 foram 677 os oradores que expuseram as duas ideias e as suas experiências, para este ano o número vai quase duplicar e serão mais de 1200 oradores no evento. Para além das presenças físicas, o Web Summit é acompanhado por milhões de pessoas em todo o mundo através do Facebook Live, só no ano passado o número de visitantes on-line ultrapassou os quatro milhões. Milhões foram também as mensagens trocadas, cerca de dois milhões de mensagens.

O que encontramos no Web Summit?

O Web Summit representa a maior conferência de tecnologia do mundo onde são abordados temas de vários setores de atividade, desde o automóvel, o desporto, a robótica, a economia, o marketing, a saúde e bem-estar, entre outros. Para além das conferências, e tal como se sucedeu o ano passado, existem espaços dedicados a empresas e espaços dedicados a #start-ups, que vão apresentar as suas ideias e modelos de negócio no sentido de atrair investidores para promover o desenvolvimento das suas empresas.

Publicidade

O Web Summit é, acima de tudo uma excelente oportunidade de fazer networking e desenvolver a sua rede de contactos. Para além das conferências, o Web Summit não será somente um evento das 9 às 5 da tarde. O Night Summit, que decorre pela noite de Lisboa promove o convívio entre todos os que vão estar presentes.

Como desfrutar ao máximo do Web Summit

Planear ao detalhe a sua presença no Web Summit é algo prioritário, são muitas as conferências e o tempo para assistir a todas em simultâneo é impossível. Além disso, deve também dedicar algum tempo a visitar os stands das empresas e desfrutar do evento no geral. O mais importante, em primeiro lugar, é selecionar as áreas que mais lhe interessa e abrir tempo para assistir ao máximo de conferências relacionadas com essas mesmas áreas. De seguida, estudar bem as localizações dessas mesmas áreas visto que as deslocações entre palcos podem ser longas e teremos que andar em modo contrarrelógio.

Sendo um evento muito focado no networking, não se foque só procurar novos contactos, é importante averiguar da nossa rede de contactos atual, quer pessoal quer profissional, quem vai estar presente pois é dos nossos contactos atuais que podemos tirar bastante partido de experiências e são eles que mais facilmente nos podem fazer chegar a novos contactos.

Publicidade

Acima de tudo, quer sejam contactos novos ou atuais, faça sempre follow up dos mesmos e agradeça sempre o tempo dispensado, a falta de feedback não é recomendável, utilize o LinkedIn para o efeito.

Caso tenha oportunidade, faça o seu check-in no dia 7 de novembro, dia 8 é quando chega a maioria dos visitantes e a fila de espera pode ser bastante longa. Leve bastantes cartões-de-visita em formato papel, a #Tecnologia é sempre boa, a app lê os códigos QR dos nossos cartões do evento, mas às vezes falha e o suporte em papel sempre ajuda. Lembre-se de manter todos os seus equipamentos eletrónicos com bateria, de levar calçado confortável, já que são muitas horas em pé e de levar o mínimo de “bagagem extra” possível.

Tenha um excelente Web Summit!