O dia 6 de novembro de 2016 marcou o arranque do Web Summit 2017. Tal como se tem sucedido nas edições anteriores, o CEO do #Web Summit, Paddy Cosgrave, abriu as hostilidades explicando em traços gerais tudo o que podemos encontrar ao longo dos três dias de duração do evento. De seguida, falou Nuno Sebastião, CEO da Feedzai, uma empresa dedicada à inteligência artificial, sobre a tendência cada vez mais crescente da #IOT, da robótica e do futuro do trabalho.

Nuno Sebastião apresentou uma grande surpresa após a sua apresentação. Ao vivo via satélite falou aos presentes no Web Summit Stephen Hawking, um dos maiores cientistas de sempre e que abordou a temática da Inteligência Artificial e como esta deve beneficiar a humanidade.

Publicidade
Publicidade

No seguimento do tema da robótica e da automação de processos, subiu ao palco Bryan Johnson, Fundador da Kernel, empresa especialista neste tipo de soluções. Os desafios apresentados por uma revolução tecnológica cada vez maior e mais acelerada foi precisamente o tema abordado pelo Secretário-Geral da ONU, António Guterres, a mensagem principal incidiu no modo como a #Tecnologia pode ajudar a criar um mundo mais equilibrado e harmonioso.

O “pontapé de saída” foi dado pelo CEO e fundador do Web Summit, Paddy Cosgrave, que fez as observações iniciais ao evento e deu a todos as boas-vindas para mais uma edição do evento. António Costa, primeiro-ministro de Portugal, falou durante aproximadamente 10 minutos sobre Lisboa e a projeção que esta tem no mundo e a importância que tem não só a nível de negócios, como também ao nível do turismo.

Publicidade

Antes de António Costa, primeiro-ministro de Portugal, falar sobre Portugal e o mundo e de em conjunto com Fernando Medina, Presidente da Câmara Municipal de Lisboa, abrir oficialmente o Web Summit houve lugar para uma entrevista feita por Kara Swisher, Editora Executiva da Recode, a Margrethe Vestager, Comissária Europeia da UE para a Concorrência e que multou em biliões de euros a Google e a Apple por questões de concorrência desleal.