São ambos Ruis e ocuparam os títulos das notícias sobre música. Drumond venceu o The Voice, concurso da RTP, e Veloso anunciou uma paragem na carreira. Drumond está há 11 anos, segundo o próprio, a tentar editar um disco - e parece que o vai conseguir agora. Já o pai do rock português aponta que a cultura está numa situação insustentável, que músicos consagrados mal conseguem ganhar para comer e que as televisões só procuram a fama e não a arte.



Os artistas que querem viver da música sabem que trabalham para um mercado - e o mercado português não é grande. Ainda que o fosse, há sempre muitos candidatos e muita concorrência.

Publicidade
Publicidade

Como referiu o próprio Drumond na sua presença no 5 Para a Meia Noite de ontem (14 Agosto), há muitos talentos por aí, e muitas vezes bem jovens, que não têm oportunidade. Crescem nas árvores, retorquiu o Pedro Fernandes.

Ora, Rui Veloso é uma estrela consagrada e um dos grandes nomes da música nacional. Sentirá que o seu trabalho não é recompensado? Mas há outros grandes nomes, como os Xutos ou José Cid, com décadas de carreira, e que nem por isso páram.



Certamente o problema não vem de Rui Drumond. Os aspirantes a músicos sabem que há 20 anos que existem concursos de cantores na TV, e que se contam pelos dedos da mãos os que conseguiram uma carreira de âmbito nacional. Muitos optam por caminhos alternativos: festas locais, bares e casamentos, participações pontuais, part-time. Outros foram fazer outra coisa qualquer, como General D, que esteve "incógnito" em Londres.

Publicidade

Quem disse que a indústria está mais fácil? Está apenas diferente - especialmente com o impacto que a internet, os donwloads ilegais e os downloads legais vieram trazer. #Entretenimento

Há na região Oeste uma banda totalmente desconhecida a nível nacional e superconhecida localmente. Uma banda com cerca de 30 anos de carreira, actuando exclusivamente em festas populares, seja em sedes de concelho, sedes de freguesia ou simples aldeias e lugares. Oriundos de Reinaldes, concelho de Peniche, durante o Verão conseguem actuar quase todos os dias. Não todos os fins de semana, mas todos os DIAS. Chamam-se os Lords - e têm muitas lições a dar sobre posicionamento no mercado e conquista de nicho.