Ninguém os conhece em Portugal. Mas os Portuguese Kids arriscam-se a ultrapassar Cristiano Ronaldo como os portugueses mais conhecidos nos Estados Unidos. Estes 5 amigos, todos na casa dos 30-35 anos, escrevem e interpretam sketches humorísticos, à maneira dos Gato Fedorento, mas tendo como tema a cultura dos emigrantes portugueses na América. O resultado é humor para todos, orgulho para os lusodescendentes - e salas de espectáculo cheias.

Já viu o filme de Ruben Alves, "A Gaiola Dourada"? A fórmula é a mesma, com a diferença de que no lugar de um fime, que vai da comédia ao drama, os "americanos" desenvolvem sketches humorísticos de curta duração, tal como fazia Herman José ou os Gato Fedorento.

Publicidade
Publicidade

Tal como Ruben Alves, os 5 autores conseguem rir-se da sua própria condição de aculturados, convivendo bem com a sua herança mista, entre a cultura que os ascendentes (pais, tios e avós) trouxeram lá de longe e a cultura dominante do país onde cresceram. Mais que isso, a sua boa disposição transmite essa ideia a quem os vê - que acaba por se sentir também melhor com as suas origens e com a sua identidade.

Os 5 amigos chamam-se Jason Casimiro, Brian Martins, Albert Sardinha, Daniel Martins e Derrick de Melo. Dos 5 amigos, 4 deles (ou os seus pais) são originários dos Açores, e é também da Região Autonóma a origem dos emigrantes em Fall River, onde cresceram. Daí que as ilhas açoreanas e as especificidades das ilhas apareçam também geralmente retratadas com mais frequência.

Ao contrário do que se possa pensar, os Portuguese Kids sabem perfeitamente que o estilo de vida e as referências culturais dos seus pais e avós "cristalizaram" nos anos 50, 60 ou 70, e que em Portugal já não se vive dessa forma.

Publicidade

Também por isso não procuram fontes de inspiração no Portugal actual. As suas referências são mesmo a sua comunidade, a forma como se adaptou à cultura americana - em suma, em que está à sua volta.

Os Portuguese Kids tiveram um momento de visibilidade em Portugal com o vídeo que surgiu no Youtube em 2012, no qual os 5 portugueses satirizavam a célebre música da banda pop americana, LMFAO, chamada I'm Sexy and I Know It, rebaptizando-a de I'm Portuguese and I Know It. Nessa altura "isto" ainda era um part-time. Agora, já estão dedicados a tempo inteiro. Quem sabe se, nos intervalos das suas digressões por terras americanas, não virão aos Açores ou ao Continente mostrar como é que os americanos nos vêem por lá - e como é que os lusodescendentes se vêem a si próprios.