O famoso canal norte-americano AMC, adquiriu 49,9% da subsidiária americana de #Televisão pública britânica BBC. Esta compra está relacionada com o fascínio que o público norte-americano tem por tudo o que está relacionado com o Reino Unido, e que não se esgota apenas no que diz respeito à família real britânica. A história começa quando em 2011, as estações de televisão perceberam que havia um mercado por explorar, quando perto de 22,8 milhões de norte-americanos assistiram ao casamento real do príncipe William com Kate Middleton (esta transmissão começou às seis da manhã, horas locais na América).

Seguiram-se, posteriormente em janeiro, os 10,2 milhões que viram a estreia da quarta temporada da série Downtown Abbey, na PBS, o que constituiu um record para o canal público de televisão norte-americano.

Publicidade
Publicidade

Posto isto o canal AMC, já famoso pelas suas #Séries de sucesso (como por exemplo Breaking Bad, Mad Man e The Walking Dead), no final de outubro comprou 49,9% da BBC America por 160 milhões de euros, dando assim o primeiro avanço para a organização de uma estratégia evidente: oferecer ao público dos Estados Unidos mais séries produzidas com a marca da BBC.

A BBC America foi para o ar em 1998 e é um canal da Tv por cabo que, contrariamente aos canais da BBC em solo britânico, não tem financiamento por parte da licence fee (uma espécie de taxa de audiovisual), dependendo apenas do dinheiro que consegue gerar através da publicidade e das receitas oriundas das licenças das operadoras de cabo e satélite. Este canal chega a perto de 80 milhões de casas em território americano, desde agosto de 2013.

Publicidade

Uma das séries de ficção cientifica mais famosas da BBC America é Orphan Black, que foi produzida no Canadá. Seguem-se Sherlock, Doctor Who e a já inconfundível série sobre o mundo dos automóveis, Top Gear, como séries de sucesso. Esta decisão da AMC, surge com o objetivo de levar mais longe a parceria que já existia com a estação pública de televisão britânica (como exemplo temos a série Top of The Lake que em 2013 foi nomeada para cinco Emmy's, ou a The Honourable Woman).

Tim Davie, o responsável e diretor executivo da BBC Worldwide, empresa que fica a deter as restantes 50,1% das ações da BBC America, refere que a AMC é o mais desejado parceiro e o ideal para lançar a BBC America num novo processo. Segundo Tim, o desafio passa por produzir conteúdos de elevada qualidade, que sejam imperdíveis e fiquem na memória dos telespectadores, fazendo com que o canal tenha um dos públicos "mais cultos e fiéis de toda a televisão norte-americana".

Com esta compra a AMC detém o direito de decisão e escolha das novas produções para o canal, dos espaços publicitários e participa ainda na gestão operacional da empresa.