É esta a premissa do novo reality show que promete revolucionar a América. Em 8 Minutes (8 Minutos, título provisório), o pastor norte-americano e ex-polícia, Kevin Brown, de 44 anos, promete tirar prostitutas das ruas de uma cidade da Califórnia e ajudá-las. Contudo, e como o nome sugere, só tem 8 minutos para as tentar converter. O canal A&E será o responsável pela transmissão deste novo reality show e contará com o produtor executivo Tom Formam (Extreme Makeover: Home Edition, The Great Food Truck Race). Para já estão encomendados oito episódios.

Numa entrevista realizada pelo site InsideTv, Tom Forman afirmou que o formato foi inspirado por um artigo escrito pelo LA Times no ano passado, no qual davam a conhecer a história de Brown, um polícia que se tornou pastor e que, juntamente com a sua igreja, criou uma operação de intervenção com prostitutas.

Publicidade
Publicidade

"Nós lemos aquilo e pensámos: alguém tem que colocar uma câmara nisto. É a coisa mais incrível que eu já ouvi", revela Tom Forman. O produtor deixou ainda a promessa de que este reality show será realista e que serão tomadas decisões que poderão mudar a vida das pessoas em causa.

Da vida real para o reality show

Para Kevin Brown estas andanças não são uma coisa nova. O protagonista do programa foi polícia em Orange County e, durante 20 anos, trabalhou nos narcóticos, lidando com o mundo da prostituição diariamente. Nessa altura, apercebeu-se de que muitas destas mulheres precisavam de ajuda embora, enquanto polícia, fosse sua obrigação prendê-las, recorda o produtor, Tom Forman. Actualmente, enquanto pastor de uma igreja baptista, Brown vê os anúncios das prostitutas, telefona-lhes fingindo ser um cliente e marca um encontro.

Publicidade

No encontro, o ex-polícia explica que não está ali como cliente mas sim para lhes oferecer ajuda, caso elas queiram.

Se as profissionais da prostituição aceitarem a proposta, serão levadas para um local mais seguro onde lhes será apresentado o processo de conversão. Durante todo o processo, estarão presentes polícias à paisana para prevenir alguns contratempos que possam existir. Se elas recusarem a ajuda, é deixado o número de telefone para que possam contactar o pastor caso mudem de opinião. Até ao momento, o reality show ainda não tem data prevista para começar. #Televisão