Emma Watson impressionou o mundo no ano passado com o seu discurso para a campanha "He For She", das Nações Unidas, da qual é embaixadora, e onde sublinhou a importância do feminismo nos dias de hoje. No Twitter, Watson tem levado a sério a sua tarefa, e deu alguns conselhos às fãs. Uma delas, por exemplo, quis saber o que fazer quando o pai lhe diz que não se pode tornar engenheira por ser uma profissão "de homens". Watson respondeu apenas: "torna-te engenheira".


Uma das fãs da actriz questionou também: "as pessoas à minha volta ou são ignorantes, ou não querem saber da igualdade de género. Há alguma coisa que possa fazer para que eles mudem de ideias?". Watson respondeu: "Sim! Diz-lhes como é para ti". Outra das seguidoras da actriz pediu conselhos: "alguma dica para raparigas adolescentes com pais que acham que elas deviam aspirar a casar e ter filhos, em vez de uma carreira bem-sucedida?" À pergunta, Watson respondeu com outra: «Por que não ter os dois?" Na série de perguntas e respostas, Watson disse ainda que a "arma que toda a gente deve ter quando luta pela igualdade" é a "convicção".


Não foi só a raparigas que a actriz de "Harry Potter", ou "Perks Of Being a Wallflower" respondeu. Um homem questionou a cantora sobre o que deveria estar a fazer enquanto homem para sublinhar a desigualdade, ao que Watson ripostou: "mantém os olhos e ouvidos abertos, e fala alto".


Emma Watson foi também notícia durante esta semana, porque vai ser a próxima princesa da Disney. A actriz vai interpretar a personagem de Bela, na nova versão do clássico filme "A Bela e o Monstro". A actriz partilhou a notícia via Facebook, onde escreveu: "Posso finalmente dizer-vos...que vou ser a Bela no novo filme da Disney 'A Bela e o Monstro'! É quase surreal que vá dançar ao som de 'Be Our Guest', e cantar 'Something There'. A Emma de seis anos está no tecto. Coração a rebentar."


O filme vai ser realizado por Bill Condon, que trabalhou nos filmes da saga "Crepúsculo", "Amanhecer", partes 1 e 2, e ainda não tem data oficial de lançamento. A versão animada de "A Bela e o Monstro" foi lançada em 1991, e recebeu na altura seis nomeações aos Óscares da Academia.