Johnny Depp vai casar. O actor e Amber Heard deverão dar o nó já no próximo fim-de-semana, depois de namorarem durante 13 meses. Segundo avança a "Page Six", do "New York Post", o casal prepara-se para subir ao altar na ilha privada de Depp, nas Bahamas, no fim-de-semana de 7 e 8 de Fevereiro. A publicação avança que estarão presentes cinquenta convidados na cerimónia romântica que unirá o actor de 51 anos à actriz de 28. Entre os convidados estarão membros da família da noiva e os dois filhos de Depp com Vanessa Paradis, Lily-Rose, de 15 anos, e Jack, de 12.

Segundo uma fonte avança à publicação, "ela está a filmar em Londres, e ele prepara-se para gravar o novo Piratas das Caraíbas na Austrália, por isso esta é a única altura em que toda a gente se pode juntar".

Publicidade
Publicidade

A mesma fonte, avança ainda que Amber vai usar um vestido de Stella McCartney.

A "Page Six" diz mesmo que as instalações são tão escassas, que os convidados vão ficar instalados em Iates. Sobre a localização, Depp disse à "Vanity Fair" em 2009: "Não creio que alguma vez tenha visto um sítio tão puro e tão bonito. Podes sentir o teu pulso a baixar 20 batimentos. É liberdade imediata". Depp comprou a ilha em 2004, depois de lá gravar o filme "Piratas das Caraíbas". A ilha tem seis praias, que têm o nome dos filhos de Depp, e dos seus amigos Marlon Brando, e Hunter S. Thompson.

Depp e Heard conheceram-se em 2011 durante as gravações do filme "O Diário a Rum", e ficaram noivos em Dezembro de 2013. A festa de noivado decorreu no passado mês de Março, num estilo medieval, em Los Angeles, e contou com presença de músicos como Marilyn Manson, Steven Tyler e Mandy Moore.

Publicidade

O produtor Jerry Bruckheimer também participou na cerimónia.

Em declarações ao "Today Show", Johnny Depp elogiou a noiva: "Ela é muito inteligente. É uma beleza do sul, tão doce quanto pode ser, e é muito boa para mim".

Johnny Depp está esta semana nos cinemas como protagonista do filme "O Excêntrico Mortdecai", onde interpreta um negociante de arte que pretende recuperar uma pintura desaparecida, de Goya. #Famosos