O suporte de vida artificial de Bobbi Kristina Brown, a filha de Whitney Houston, poderá ser desligado hoje. A notícia foi avançada pelo jornal New York Post, e avançada em Portugal também pelo Diário de Notícias. Bobbi Brown foi encontrada inconsciente, na banheira, no dia 31 de Janeiro, e está em coma desde então. Faz hoje três anos, precisamente, que Whitney Houston foi encontrada sem vida.

De acordo com o New York Post, será esta coincidência o factor que determinou a escolha deste dia por parte da família. Os médicos declararam a morte cerebral de Bobbi, pelo que as esperanças num milagre que a salve são quase nulas. Sabe-se que os familiares não queriam desligar o suporte de vida, uma vez que já existia um caso na família de recuperação em circunstâncias semelhantes. Contudo, terá sido a avó de Bobbi pelo lado materno, Emily Drinkard (de nome artístico Cissy Houston, 81 anos, também ela cantora de música soul), a sugerir o procedimento e a data. Pensa-se que Cissy não creia já em qualquer tipo de recuperação e prefira proceder ao luto de uma forma muito simbólica, alinhando a sua neta com a sua filha.

Estes são dias tristes e muito stressantes para as pessoas mais próximas de Whitney Houston. Recorde-se que a família foi notícia há dias por ter protagonizado um cenário de zaragata num restaurante - um primo de Bobbi chamou a sua própria mãe de "viciada", tendo ela respondido de forma violenta. A polícia não levou ninguém, apesar de haver vários indícios de derramamento de sangue.

Bobbi Kristina Brown está internada no hospital universitário de Emory, em Atlanta, no Estado da Geórgia. A filha de Whitney Houston tem 21 anos e deixou no ar a ideia de que nunca mais encontrou sentido na vida após o falecimento da mãe. Sintomas de depressão terão causado uma tentativa de suicídio.

Contudo, a polícia investiga uma possibilidade de homícídio. Nick Gordon, namorado de Bobbi, é o suspeito. Além de relatos anteriores de violência, há a suspeita de uma discussão forte entre o casal e de que Bobbi tenha sido encontrada com marcas na face - informação não confirmada oficialmente. Segundo o site TMZ, um amigo da família disse à polícia que Nick Gordon esteve a limpar sangue no local, depois de a vítima ter sido encontrada. #Famosos