A polémica ficou instalada logo a partir da transmissão do primeiro episódio de Babilónia, a nova novela da Globo, com estreia marcada a 6 de Abril na SIC, parceira da poderosa estação televisiva brasileira. Teresa e Estrela, personagens de Nathalia Timberg e Fernanda Montenegro, respectivamente, beijaram-se, na emissão ocorrida a 16 de Março, o que motivou uma série de críticas, e de apelos ao boicote dos telespectadores, por parte de grupos de inspiração religiosa, como a Bancada Evangélica.

Curiosamente, as protagonistas são estrelas consagradas da #Televisão e teatro brasileiros e têm a mesma idade: 85 anos. Fernanda Montenegro, com mais de seis décadas de carreira, integrou, nas presenças mais recentes, As Brasileiras, Guerra dos Sexos, Saramandaia e Doce Maia, antes de ser convidada para o elenco de Babilónia.

Publicidade
Publicidade

A sua personagem vive há mais de 30 anos com Estrela e destaca-se não só pela propriedade do escritório de advocacia, competência e honestidade. Tal como acontece na vida real, Montenegro e Timberg têm enfrentando na ficção críticas e inúmeros obstáculos.

Por outro lado, Nathalia Timberg, que se estreou em 1937, tem, como derradeiras participações Negócio da China, que contou com as presenças dos portugueses Maria Vieira, Joaquim Monchique e Ricardo Pereira, A Princesa e o Vagabundo, A Vida Alheia, Insensato Coração e Amor à Vida.

A acção de Babilónia tem como foco principal as personagens de Glória Pires, Adriana Esteves e Camila Pitanga, ligadas por um crime, num elenco que inclui, entre outros, os actores Marcos Palmeira, Arlette Salles, Cássio Gabus Mendes e Thiago Fragoso. Os autores de Babilónia são Ricardo Linhares, Gilberto Braga e João Ximenes Braga.

Publicidade

Apesar da polémica e de superar, amplamente, a concorrência da Rede Record, as audiências não têm tido, neste início de exibições, os resultados que se esperava.

Reacção em Portugal

A curiosidade reside, agora, em saber se Babilónia, que terá como rival A Única Mulher, transmitida pela TVI, vai ser alvo de tão intensa polémica em solo português.



#Telenovelas