O programa "Casa dos Segredos", desde a primeira edição portuguesa, em 2010, tem sido uma aposta segura e vencedora no que às audiências e receitas diz respeito. Contudo, desde o início do ano, os telespectadores tem perdido progressivamente interesse pelo programa, alegando falta de criatividade e de interesse da TVI. Cientes dessa queda, os produtores do programa decidiram tomar medidas drásticas para chamar a atenção pública: situações de violência gratuita.

Com o "Portugal tem Talento" a assumir a liderança, em termos de audiência, nos programas de domingo à noite, o alarme tocou alto na direcção do canal mais visto pelos portugueses, a TVI.

Publicidade
Publicidade

Já na quinta edição deste formato de reality show, a "Casa dos Segredos" tinha, até há umas semanas, conquistado confortavelmente a atenção da maioria dos telespectadores. Porém a repetição de situações, a procura de concorrentes que resultaram noutros tempos, mas que agora pouco acrescentam ao que já foi anteriormente feito e, sobretudo, a falta de credibilidade do programa, contribuem significativamente para estes resultados negativos e pouco previsíveis.

Sendo este um projecto normalmente dispendioso, a produção resolveu jogar pelo seguro, para "conquistar" novamente aqueles que já foram fiéis ao seu formato. Para isso, fizeram de tudo para juntar pessoas altamente polémicas e criar situações problemáticas, que levariam facilmente a rupturas, terminando muitas vezes em violência verbal ou mesmo física.

Publicidade

O caso do Zezé Camarinha com José Castelo Branco, no passado directo de domingo, foi a amostra perfeita das intenções do programa, incentivando directamente o confronto e a polémica, levando os seus convidados a extremos. Para a TVI, valerá tudo para lucrar e ser rei das audiências?

Muitas são as críticas ao programa, aos concorrentes e até mesmo a Teresa Guilherme, nas redes sociais. Completamente fartos da superficialidade e falta de inteligência que assola este género de programas, cada vez mais pessoas procuram novas soluções para passar o seu serão de domingo. Quanto à TVI, depois destes casos de violência e de baixo nível, voltou a reconquistar uma liderança confortável nos ratings de audiência. Para as grandes massas, a violência tem um poder de atracção muito superior à inteligência, e a TVI sabe isso melhor que ninguém. #Televisão