Connie Britton é uma cantora country em Nashville, uma série do canal ABC, já foi a mulher do treinador Eric Taylor em Friday Night Lights e já tinha vivido numa casa um tanto ou quanto assombrada, às mãos de Ryan Murphy. Isto porque a actriz já tinha trabalhado com ele em American Horror Story, série que serviu como uma espécie de inspiração para esta nova, American Crime Story. Enquanto a original conta, a cada temporada, histórias de terror passadas em diferentes cenários, esta propõe-se narrar casos de crime, a começar com o polémico caso O.J. Simpson.

Numa série em que os personagens se inspiram em pessoas reais, Connie vai interpretar Faye Resnick, uma mulher com um problema de abuso de drogas, e que era amiga de Nicole Brown Simpson.

Publicidade
Publicidade

No elenco já tinham sido feitas mais confirmações: Cuba Gooding Jr., será O.J. Simpson; David Schwimmer (o eterno Ross de Friends) vai ter o papel de Robert Kardashian, advogado de defesa de O.J.; Courtney B. Vance será outro dos elementos da equipa de defesa e Sarah Paulson vai ser Marcia Clark, a procuradora do caso. Já vem sendo habitual ver-se Sarah Paulson trabalhar numa série de Ryan Murphy, mas, para os outros, será uma primeira experiência.

Para quem não está familiarizado com o caso mediático, é importante saber que O.J. Simpson foi um famoso jogador de futebol americano, que nos anos 90 se viu com problemas com a justiça, ao ser acusado da morte da ex-mulher, Nicole Brown Simpson, e de Ronald Goldman, que se encontrava com ela na altura.

O longo e mediático julgamento prendeu completamente a atenção do público, em especial o americano.

Publicidade

Foi também este caso que deu nome a Robert Kardashian, já falecido, patriarca da conhecida família dos tablóides e dos reality shows, constituída por Kim Kardashian, Khloé, Kourtney e Rob.

Ainda sem data marcada de estreia, American Crime Story: People V. O.J. Simpson vai contar com dez episódios. A ver por aquilo a que a série que lhe deu inspiração nos habituou, esta tem tudo para ser chocante e sem grandes tabus. #Famosos #Séries