A Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC) notificou a apresentadora Cristina Ferreira, atualmente diretora da revista "Cristina", uma vez que as atividades profissionais exercidas pela mesma não são "compatíveis". Na TVI, Cristina apresenta o programa "Você na TV!" e é diretora de conteúdos não informativos do canal. Com estes cargos a apresentadora não pode ser detentora da carteira profissional de jornalista, da qual precisaria para exercer o papel de diretora na revista "Cristina".

Para além da fundadora da revista "Cristina" parecem existir outros membros da equipa desta publicação que estão a passar pela mesma situação.

Publicidade
Publicidade

Esta notícia foi adiantada pela revista "Flash!". Para manter o cargo de diretora do seu mais recente trabalho, Cristina Ferreira teria de abandonar os outros cargos remunerados que detém neste momento.

Cristina Ferreira, nascida a 9 de setembro de 1977, é natural da Malveira (Torres Vedras). É licenciada em História, área que lecionou durante um ano, mas ficou conhecida como apresentadora ao lado de Manuel Luís Goucha. Mãe de um menino, Tiago, a cara da TVI tem-se destacado em diversos projetos. Na apresentação, Cristina ganhou também destaque no programa "A tua cara não me é estranha", trabalhando com o mesmo parceiro de "Você na TV!" e ainda em "Dança com as Estrelas", que já se encontra na terceira edição. Na área da moda, Cristina é proprietária de uma loja de roupa na Malveira e surpreendeu ao lançar-se como designer, com a sua linha de calçado "Hush Puppies by Cristina Ferreira".

Publicidade

A mesma é ainda responsável pelo blogue "Daily Cristina", onde relata os acontecimentos importantes da sua vida diária. Entre estes e outros projetos, a revista mensal "Cristina" é o seu mais recente projeto a vir a público.

A ERC foi criada a 8 de novembro de 2005 e tem como objetivo principal "a regulação e supervisão de todas as entidades que prossigam atividades de comunicação social em Portugal". O seu trabalho é a supervisão dos meios de comunicação, de forma a assegurar que os direitos e deveres constitucionais e legais sejam cumpridos. #Negócios #Famosos