Na mesma noite em que foi anunciado o fim de Downton Abbey, o mundo das #Séries despediu-se de Glee. O drama, passado no liceu McKinley, no estado norte-americano de Ohio, centrava-se no grupo de estudantes que aderiram ao clube musical Glee, marginalizado pelo resto dos alunos. O clube, liderado por Will Schuester, um carismático professor de espanhol, conseguiu uma proeza nunca antes vista na escola: unir alunos, independentemente dos rótulos de populares ou de marginalizados que cada um pudesse ter. Foi precisamente isso que a série fez ao longo de seis temporadas, mostrar que somos todos iguais. Mais, a série quebrou tabus ao abordar questões tão importantes como o bullying e preconceitos sexuais e procurou ensinar os espectadores a aceitarem a diferença, a acreditarem nos seus sonhos e a lutarem por eles.

Publicidade
Publicidade

Numa série com uma enorme componente musical, pudemos ouvir os mais recentes êxitos da música actual e recordar grandes clássicos nas vozes de Lea Michele, Cory Monteith, Chris Colfer, Dianna Agron, Naya Rivera, Darren Criss, Heather Morris e Chord Overstreet, entre outros. Fomos também presenteados com participações de várias celebridades como: Matt Bomer, Sarah Jessica Parker, Kate Hudson e Idina Menzel. Com a maioria dos alunos a terminarem o liceu, impunha-se a introdução de novos personagens, uma vez que a saída de uns não poderia significar o fim do clube Glee. Não significou, e mesmo tendo continuado a acompanhar as histórias dos antigos alunos, os fãs não gostaram muito da mudança de elenco e a série perdeu muitos dos espectadores fiéis das primeiras temporadas.

Publicidade

A morte de Cory Monteith, que interpretava Finn Hudson, um dos personagens principais, também veio abalar a série e acelerar o seu fim, que foi anunciado três meses depois da morte do actor. O fim da Glee chegou então no final da semana passada, a 20 de Março, e encerra um ciclo importante nas séries de adolescentes. Entretanto, Ryan Murphy, o seu criador, além da nova temporada de American Horror Story, já tem dois novos projectos em mãos: American Crime Story, sobre o caso O.J. Simpson, e Scream Queens, passado num campus universitário subitamente assolado por uma série de assassinatos.