Os membros dos One Direction, no topo das tabelas desde 2010, já estão habituados a perguntas incómodas e direccionadas à sua vida pessoal. Contudo, se, em muitas delas, eles evitam fazer qualquer tipo de comentários, numa entrevista recente, quando os britânicos foram questionados que membros da banda beijariam se fossem obrigados, estes responderam sem pudor. Enquanto uns não souberam responder, outros revelaram pormenores da sua vida íntima.

"Eu não sei responder para ser honesto. Se fosse uma questão de vida ou de morte, não tinha qualquer tipo de problemas em beijar um dos meus colegas", respondeu Harry Styles à jornalista, resposta que foi semelhante à dada por Niall Horan.

Publicidade
Publicidade

Em contraste às primeiras respostas, Louis Tomlinson não foi esquisito e adiantou que não tinha qualquer problema em beijar um dos membros da banda, revelando mesmo que, se fosse rapariga, andaria com eles. Entre risotas gerais, Liam Payne afirmou que beijar um amigo de banda não seria inédito, admitindo que já tinha beijado Zayn Malik, quando este o provocou para tal.

"Todas as fãs gostam de criar todas aquelas histórias ficcionadas em que nós nos envolvemos. O Zayn na altura pediu-me para o beijar, encostando a cabeça perto da minha, como se me estivesse a provocar para uma luta. Resolvi então inclinar-me e beijá-lo", confessou o cantor para surpresa das pessoas na sala. Apesar de beijos entre ambos não ser uma novidade para os seus fãs, muitas directioners não acharam piada a esta revelação, condenando um acto que em nada é condenatório.

Publicidade

A iniciarem uma tour mundial na apresentação do seu mais recente disco "Four", as últimas notícias relacionadas com o grupo One Direction tem sido acerca da resposta de Liam. Apesar de ser um acto de ternura, que apenas choca as mentes mais pequenas, esta revelação não caiu bem a muitas directioners, que entendem ter o direito de condenar as atitudes de jovens adultos, apenas porque não conseguem aceitar que estes se possam beijar. Com este episódio, a banda, mesmo que involuntariamente, pode ter aberto a mente a milhares de jovens em todo o mundo. #Entretenimento #Música