A segunda semi-final da edição de 2015 do Festival da Canção, certame que este ano celebra a sua 50.ª edição, realiza-se esta noite, dia 5 de Março. A concurso estarão mais seis canções produzidas e escritas por compositores convidados pela organização, das quais três vão ser apuradas para a final que se realiza no próximo sábado. Nesta segunda semi-final estarão em palco Rubi Machado, José Freitas, Teresa Radamanto, a regressada Simone de Oliveira, Filipe Gonçalves e Diana Piedade. Aqui fica uma descrição sobre cada um deles:

A primeira a subir ao palco será Rubi Machado com o tema "Quando a Lua Voltar a Passar", composto e escrito por Sebastião Antunes. De sonoridade folclórica, a canção ligeira promete trazer ao Festival sons tradicionais portugueses.

José Freitas, que participou na primeira edição portuguesa do concurso de talentos Factor X, é o segundo da noite a pisar o palco com o tema "Mal Menor (Ninguém me Guia à Razão)". A #Música composta e escrita por Churky (Diogo Rodrigues) é uma balada forte e emotiva que vai permitir mostrar a grande voz do cantor.

A já repetente Teresa Radamanto volta aos palcos do Festival da Canção, desta vez pela mão de Fernando Abrantes (Compositor) e Jorge Mangorrinha (Autor da Letra) com o tema "Um Fado em Viena". Já de olho em Viena, palco da final da Eurovisão de 2015, a música de Teresa Radamanto traz sonoridades bem típicas portuguesas, onde não poderia faltar a guitarra portuguesa nem a temática da saudade.

De regresso ao Festival da Canção depois de ter vencido o certame em 1965 e 1969 com "Sol de Inverno" e "Desfolhada Portuguesa", respectivamente, está Simone de Oliveira. A diva portuguesa será a quarta a pisar o palco com o tema "À Espera das Canções", composto por Renato Jr. e escrito por Tiago Torres da Silva. Dona de uma capacidade de interpretar cada palavra, Simone mostra que nunca é tarde para voltar ao festival, com um tema que fala sobre verdade e que será acompanhado por um quarteto de cordas.

Filipe Gonçalves, terceiro classificado da primeira edição da Operação Triunfo, será o quinto intérprete da noite com um tema composto e escrito por Héber Marques, intitulado "Dança Joana". Dono de um grande carisma, Filipe Gonçalves traz uma música "good vibe" que vai certamente pôr o público a dançar.

Por fim, Diana Piedade, terceira classificada da edição de 2009 do Ídolos, interpreta a última canção da noite "Maldito Tempo", tema composto e escrito por Carlos Massa e que promete animar o público presente no estúdio da RTP.

No final de todas as actuações, caberá ao público através do televoto a escolha de duas das canções para passarem à grande final. A terceira música será votada pelos compositores de todas as canções da segunda semi-final. A primeira semi-final realizou-se na terça-feira e apurou outras três canções para a final de sábado. Foram elas: a canção "Há um mar que nos separa" interpretada por Leonor Andrade, composta e escrita por Nuno Gameiro; "Outra Primavera" interpretada por Yola Dinis, composta por Nuno Feist e escrita por Nuno Marques da Silva; e "Tu tens uma mágica" interpretada, composta e escrita por Gonçalo Tavares.

O vencedor do Festival da Canção de 2015 irá representar Portugal na edição deste ano da Eurovisão que se realiza em Viena de Áustria. O nosso país vai disputar a segunda semi-final que se realiza no dia 21 de Maio para tentar garantir um lugar na final de dia 23. #Televisão