Simon Cowell, quando questionado sobre qual seria o futuro da sua banda com maior sucesso, One Direction, afirmou aos jornalistas que "nenhum grupo dura para sempre". Segundo o agente, apesar de todo o sucesso atingido pelo quinteto britânico, alguns membros do grupo pretendem seguir carreiras a solo, tal como aconteceu com músicos de grandes boysband internacionais. "Depois do quinto álbum, existe uma forte possibilidade de os One Direction se separarem", afirmou Cowell.

Os rumores da separação do grupo mais famoso do mundo têm vindo, principalmente nos últimos meses, a crescer de uma forma exponencial. Sempre desmentidos pelos cantores, que alegam que estão cada vez mais unidos e motivados, a verdade é que, pelo menos dois membros do grupo, Zayn Malik e Harry Styles, têm vindo a fazer alguns trabalhos musicais a solo, preparando, de uma forma subtil, as suas saídas. Junto há mais de cinco anos, o quinteto é o grupo musical mais famoso internacionalmente, com mais de 35 milhões de álbuns vendidos e milhares de concertos lotados em todo o mundo.

Publicidade
Publicidade

Caso se confirme o rompimento a um curto prazo da banda, milhões de fãs espalhadas por todo o globo vão chorar e desesperar pela ausência dos seus ídolos. " O grupo já lançou quatro álbuns de estúdio e está actualmente a preparar e a compor o quinto, que em princípio sairá na altura do Natal. Depois da digressão desse mesmo disco, que se prolongará até ao final do verão de 2016, o grupo vai tomar uma decisão sobre o seu futuro", avançou o agente e criador do grupo, Simon Cowell, notoriamente orgulhoso do trabalho dos "seus rapazes".

O grupo foi formado em 2010, durante um concurso de televisão inglesa, o X Factor, onde a banda chegou até à final e, sobretudo, teve a oportunidade de consolidar uma base de fãs suficientemente grande, que justificasse o investimento no grupo, após o programa de televisão.

Publicidade

Simon Cowell agarrou a oportunidade e tornou os One Direction a banda mais desejada e procurada de todo o mundo. Depois de cinco magníficos anos, a separação poderá já estar agendada e consumada. #Música