Celebrizaram a saga "Velocidade Furiosa" mas, muito mais do que à frente das câmaras, a amizade entre Vin Diesel e Paul Walker foi transportada para a vida real. A morte do colega e amigo foi um choque para Vin Diesel, que o recorda com bastante frequência nas redes sociais e, como forma de homenagem, deu o nome Pauline à sua filha. Foi numa entrevista extremamente emotiva ao site "EXTRA" que o protagonista de Velocidade Furiosa recordou o seu velho companheiro de corridas, relembrando velhos momentos passados com aquele que considera ser um irmão. Para Vin Diesel, Velocidade Furiosa 7 foi talvez o filme mais difícil que teve alguma vez de fazer, sendo por isso um dos momentos mais importantes da sua carreira.

Publicidade
Publicidade

Por outro lado, o actor sente orgulho neste projecto e na forma como conseguiram concluí-lo e honrar Paul Walker. Mas, no momento em o mostram ao seu público sem a presença dele, é impossível não deixar que aquela situação o afecte, tal como disse Vin Diesel nesta entrevista.

"Nunca falei do Velocidade Furiosa sem o Paul ao meu lado, o que faz com que esta experiência seja única e ao mesmo tempo muito mais importante", confessou o actor. Estiveram juntos ao longo dos últimos 15 anos e, por isso, as memórias e os momentos de diversão são incontáveis.

Para fazer a sequela do filme, os produtores tiveram de recorrer ao auxílio dos irmãos de Paul Walker, Cody e Caleb, que fizeram de duplos, acabando assim algumas cenas que estavam por terminar.

Velocidade Furiosa 7 ainda não estreou, mas já muito se fala sobre este filme.

Publicidade

Para o actor e produtor Vin Diesel, este pode mesmo ser um dos grandes vencedores do Óscar de Melhor Filme 2016, conquistando um feito que nenhum outro filme da saga alcançou, não conseguindo sequer uma nomeação.

No momento em que soube que Paul Walker tinha falecido num acidente de aviação, Vin Diesel soube que, naquele dia, tinha perdido um amigo e um irmão. Recorde-se que Paul Walker, o Brian O'Conner de Velocidade Furiosa, faleceu no passado dia 30 de Novembro de 2013, por ironia do destino, num acidente de carro no Sul da Califórnia, nos Estados Unidos, durante um evento de beneficência para a sua organização Reach Out Worlwide. Segundo algumas fontes, o actor que conduzia um Porsche, bateu num poste ou numa árvore e, seguidamente, o carro teria pegado fogo. Foi totalmente descartada pelo Departamento de Polícia de Los Angeles a hipótese de Paul Walker estar a participar num corrida antes de morrer. #Famosos #Cinema