Em 1976, Bruce Jenner era um homem casado quando se sagrou campeão olímpico, após vencer a prova de decatlo, em Montreal. Entretanto, divorciou-se e voltou a casar-se. Duas vezes. De três casamentos, teve seis filhos. Agora, aos 65 anos, volta a ser notícia, ao conceder uma entrevista exclusiva à 'ABC News', na noite desta sexta-feira, onde assume: "Para todos os efeitos e propósitos, sou uma mulher". Emocionado, com algumas lágrimas, Bruce Jenner confirmou o que se começou a especular no início do ano. Muito se abordou a questão da mudança de sexo e que estaria (e esteve) a receber hormonas femininas. O pai das mediáticas Kendall e Kylie Jenner fez a derradeira revelação.

"O meu cérebro sempre foi mais feminino do que masculino. Isto é o que eu sou, a minha alma. O Bruce viveu uma mentira. Ela não é uma mentira. E eu não podia viver mais assim", revelou, de forma emocionada, em entrevista a Diane Sawyer, da 'ABC'.

Publicidade
Publicidade

Apesar desta necessidade de mudar de sexo, Bruce Jenner diz que nunca foi homossexual e que amou cada uma das mulheres que fez parte da sua vida. "Eu nunca me senti atraído por homens. Não sou 'gay'. Eu sou, tanto quanto sei, heterossexual. Sempre fui casado e criei os meus filhos", revelou Jenner, acrescentando que sempre gostou de uma boa vida sexual.

Bruce Jenner é uma das estrelas do 'reality show' da família Kardashian, 'Keeping Up With The Kardashians', ele que casou em 1991 com a matriarca da família, Kris Jenner, mãe de Kim Kardashian e das irmãs desta. Agora, toda esta revelação ganha ainda mais mediatismo, uma vez que os milhões de espectadores do programa semanal assistem a esta mudança.

E as reações da família (e não só) não tardaram. E são muitas as manifestações de apoio.

Publicidade

A declaração de Kris Jenner, a última esposa, é reveladora da opinião da família: "Não só posso dizer que foi o meu marido durante 25 anos e pai das minhas filhas, como posso agora dizer que é o meu herói".

Kim Kardashian recorreu ao twitter e escreveu: "Amor é a coragem para viver a verdade, a melhor versão de ti mesmo. Bruce é amor. Eu amo-te Bruce", acrescentando, em 'hashtag' "Filha orgulhosa". E, pouco depois, voltou ao twitter para completar: "A tua honestidade abriu portas para que outros sejam corajosos e vivam vidas autênticas", "Respeito", "Herói" e "Família", escreveu em 'hashtag'.

Tal como Kim, as irmãs Khloe e Kourtney e o irmão Rob também foram ao twitter demonstrar o orgulho pelo padrasto a quem chamam de 'pai'. As filhas Kylie e Kendall também não deixaram de se expressar. Kendall Jenner, de 19 anos, escreveu "Amo-te. Estou tão orgulhosa de ti, meu herói", enquanto que a mais jovem, Kylie, foi mais enigmática. A modelo de 17 anos revelou estar a ser difícil para ela e que dirá ao pai o que sente quando estiver preparada.

Publicidade

Mas, não deixou de apoiar: "Estou muito orgulhosa de ti, pai. Tu és muito corajoso. Meu lindo herói".

Mas, nem tudo são elogios. O ex-marido de Kim Kardashian e jogador de basquetebol, Kris Humphries, foi bastante elucidativo: "Estou muito feliz por ter saído a tempo'. Um 'tweet malvado' para alguns e 'bem humorado', para outros, do jogador dos Celtics, logo após a transmissão da entrevista de Bruce Jenner.

Miley Cyrus, Lady Gaga, Ellen Degeneres, Jimmy Fallon, Larry King, Elton John, Boy George, Patricia Arquette, Donald Trump e Whoopy Goldberg são algumas das muitas personalidades que já demonstraram total apoio, admiração e amor por Bruce Jenner. #Famosos