O comediante Bill Maher está mais uma vez envolvido em polémica, desta vez por ter feito uma piada a comparar Zayn Malik e o bombista da Maratona de Boston, Dzhokhar Tsarnaev. O controverso apresentador do programa "Real Time" começou por fazer uma alusão à saída de Zayn do grupo One Direction: "Depois de tudo o que nós passamos juntos, eu merecia pelo menos que me dissesses cara a cara", e acrescentou: "Diz-me duas coisas, Zayn. Qual dos membros da banda és tu? E onde estavas durante a Maratona de Boston?". Ao mesmo tempo que Maher fez estes comentários, surgiu no ecrã a imagem que se pode ver ao lado.

Os fãs interpretaram as palavras como um ataque não só à #Religião muçulmana, da qual Zayn faz parte, mas também à sua aparência.

Publicidade
Publicidade

Mal o programa terminou, a reação nas redes socias foi de ultraje, tendo dado origem à hashtag #RespeitoPorZayn. Veja alguns dos comentários:

"Bill Maher, cala-te e não chames Zayn de terrorista porque tu tens é inveja dele".

"É nojento que Bill Maher compare um terrorista com Zayn Malik, uma pessoa que salvou milhões de pessoas".

"Bill Maher, tu não tens respeito, eu como muçulmano e fã de Zayn, sinto-me ofendido".

"Piadas sobre terroristas não têm graça e ser muçulmano não faz de ti terrorista".

O porta voz do Conselho de Relações Islâmico-Americanas, Ibrahim Hooper, diz que os comentários de Maher foram de mau gosto: "Mostra que ele não perde uma oportunidade de mergulhar nas suas tendências islamofóbicas. Isto serve para legitimar a islamofobia na esquerda, o que é infelizmente reflexo da sua intolerância para com o Islão e os Muçulmanos".

Publicidade

Este caso está longe de ser o primeiro em que o satirista americano é acusado de islamofobia. Conhecido por ser um ateu fervoroso, Bill Maher é particularmente corrosivo no que se refere à religião muçulmana. Em 2014 os estudantes da Universidade da California, em Berkely, tentaram cancelar um discurso do comediante naquelas instalações após ele ter comparado o Islão à máfia num dos seus programas: "É a única religião que se comporta como a máfia e te mata se disseres a coisa errada". #Famosos