Ontem foram apresentadas as últimas caras que compõem a nova administração da RTP. Virgílio Castelo, que nos últimos anos trabalhou como ator na TVI, e que anteriormente desempenhou funções ligadas à ficção da SIC, vai coordenar o departamento de ficção do canal. Quanto as custos tidos para trazer o ator para a estação pública, o administrador garante ao Expresso que "estão em linha com os valores do mercado", acrescentando ao mesmo órgão que estão "longe de ser uma extravagância". Ao Correio da Manhã, Daniel Deusdado, diretor de programas da RTP1, RTP Internacional e RTP Informação disse que esta aposta faz todo o sentido: "Virgílio Castelo é um nome ligado à RTP desde sempre e, por isso, foi uma excelente ideia trazê-lo para a área de ficção".

Publicidade
Publicidade

Pretende-se com este reforço apostar mais na ficção portuguesa, em especial nas séries. Um objetivo que se aplica a todos os canais RTP. Nessa perspetiva, e de acordo com o que administrador da RTP, Nuno Artur Silva, disse ao DN, "o Virgílio vai pensar no tipo de ficção que faz sentido a RTP produzir, no tipo de elencos, na relação com os produtores independentes".

De acordo com declarações de Nuno Artur Silva ao Expresso, José Navarro de Andrade, que deixou há pouco tempo a equipa do ministro Miguel Poiares Maduro, vai ser a "ponte entre estes novos projetos e os modelos de financiamento". Ou seja, nas suas funções vai analisar temas como a aquisição de produtos internacionais e apoios.

Quem também está chegar à RTP é o publicitário Gonçalo Morais Leitão, conhecido pelo formato que apresentou na SIC Radical, "Os Filhos da Pub".

Publicidade

Vai dirigir da área de divulgação da RTP.

Pedro Bidarrana é mais um dos senhores do marketing na nova equipa. Esporadicamente vai contribuir como consultor da administração da RTP. Vai assumir as pastas de "comunicação e marca da RTP (...) na forma como a estação comunica os seus conteúdos", referiu Nuno Artur Silva ao Expresso.

António José Martins fica com a área do cinema, Nuno Vaz com o entretenimento, Andrea Basílio com a programação infantil. Mariana Guerra assume a produção e Camilo Azevedo tem a missão de escolher os Documentários.

RTP Informação

O jornalista Hugo Gilberto vai ser diretor adjunto e o especialista de cinema Mário Augusto vai ser o subdiretor.

Júlio Isidro e Fernando Alvim na RTP Memória

Os homens do entretenimento vão juntar-se a Gonçalo Madail (nomeado o novo diretor daquele canal). "A ideia é encontrar uma forma criativa de mostrar o valioso arquivo da RTP", disse Nuno Artur Silva ao DN. Sabe-se que a escolha destes nomes está relacionada com o facto de o novo administrador da RTP ser admirador da grande veia criativa de ambos. #Televisão