Para que não houvesse nenhuma especulação, a assessoria de Brad Pitt emitiu um comunicado, depois do ator se ter apresentado num evento de solidariedade com uma marca vermelha na cara, que vai do olho esquerdo ao nariz. Os fotógrafos apressaram-se a pormenorizar o ferimento e quiseram saber o motivo do mesmo. "Caí da escada", é essa a explicação de Brad Pitt para ter a mancha vermelha na cara. "É difícil subir escadas de chinelos e com as mãos ocupadas", é o que revela o comunicado tornado público por Just Jared, agente do ator. Brad Pitt explicou que tentou "parar a queda" usando a cara e acabou por conseguir a mancha vermelha que o atingiu do nariz até perto do olho esquerdo.

Publicidade
Publicidade

Autism Speak realizou, este sábado à noite, um evento denominado Light Up the Blues Concert, em que o ator era uma das principais figuras na angariação de verbas. Brad Pitt explicou que não podia faltar a um momento de beneficência, em que a sua imagem é usada para promover causas solidárias, mesmo não estando nas melhores condições. Depois de ter sido hospitalizado, o ator ficou mais tranquilo ao saber que não tinha partido nenhum osso e que apenas tinha que curar o ferimento do rosto.

O acidente acontece quando Angelina Jolie está em missão nas Nações Unidas (ONU). A atriz e ativista está a lutar pelos direitos dos refugiados e não hesitou em atacar os responsáveis sírios pela guerra civil. "Estamos a falhar com a Síria", disse Angelina Jolie, que aproveitou para lembrar que as leis internacionais são contra a fome e a tortura.

Publicidade

A mulher de Brad Pitt visitou campos de refugiados e revelou ter ficado "horrorizada" com o que viu e ouviu.

A enviada especial das Nações Unidas para os refugiados quer usar a fama mundial para chegar aos responsáveis pela guerra e pelo massacre de milhões de refugiados. O Iraque e a Síria foram dois dos países citados no seu discurso de abertura do Conselho de Segurança da ONU e as palavras chegaram ao destino. Os responsáveis dos referidos países parecem querer desvalorizar a opinião da ativista. #Famosos