Justin Bieber, "Príncipe da Pop". O título foi dado a Bieber há cinco anos atrás, apenas um ano depois de ter iniciado a sua carreira como cantor. Mal pisou os palcos e apresentou as suas músicas, Justin Bieber tornou-se um fenómeno sem comparação para o seu universo de fãs juvenis. O cantor quer tudo isso de volta e por isso está empenhado em fazer um retorno, mudando a sua postura e responsabilizando-se por alguns actos menos felizes, que admite ter vindo a ter.

A revista britânica Hero dedicou a sua capa e artigo principal ao cantor canadiano num artigo intitulado "True Blue: Justin Bieber, Príncipe do Pop". Nesta reportagem, Justin admitiu a tensão e os nervos que está a sentir antes da apresentação do seu novo álbum e conta que "encontrou uma nova paixão na escrita como libertação pessoal".

Publicidade
Publicidade

A capa a preto e branco parece reflectir essa vulnerabilidade e auto-expressão. Foi fotografado por Hedi Slimane, uma fotógrafa designer de moda e directora criativa da Saint Laurent Paris, e Bieber mostra-se particularmente pensativo neste registo fotográfico. Pelos seus cabelos descolorados, dá para perceber que a fotografia foi feita em Dezembro.

Justin Bieber pede desculpa aos fãs

A vulnerabilidade que mostrou na sua fotografia, ficou também espelhada nas palavras do cantor. Sabe a projecção que tem e compreende que é também um objecto de inspiração juvenil, e por isso, Justin Bieber aproveitou a ocasião desta entrevista para pedir desculpa a quem o segue, por algumas más atitudes que tem tomado e acrescentou que está decidido a fazer uma mudança séria de vida, para melhor.

Publicidade

Muitas foram as polémicas em que se viu envolvido nos últimos anos e admitiu "não me orgulho disso". Quer afastar o seu nome das capas de jornais, que o tem colocado lá por maus motivos, e desabafou em tom sincero, que sente responsabilidade pelos fãs e por isso quer "começar a agir correctamente".

A revista Hero nomeou Justin como príncipe do Pop, título que já tinha sido oferecido a grandes estrelas internacionais, como Madonna ou Britney Spears. #Famosos