Promover hábitos alimentares saudáveis, foi essa a missão de Pamela Anderson na prisão, no estado do Arizona. O responsável pelo estabelecimento sabe que a atriz é uma ativista da comida vegetariana e, na primeira ementa sem carne da cadeia, quis que fosse Pamela a comer o primeiro prato.

A iniciativa é pioneira em todo o estado norte-americano. Refeições servidas sem carne e com alimentos totalmente vegetarianos foi ideia de Joe Arpaio, xerife da prisão no Arizona. Para que a notícia ganhasse o impacto devido, Arpaio chamou uma das celebridades mais mediáticas: Pamela Anderson. A atriz é ativista nas causas da alimentação sem recurso a carne animal e tenta mudar mentalidades.

Publicidade
Publicidade

"Acho que as pessoas podem ser reabilitadas de dentro para fora", disse Pamela Anderson no dia em que foi servida a primeira refeição. Para a atriz, comer de forma saudável ajuda não só o corpo mas também a mente. O xerife foi mais longe e lembrou que este tipo de refeições ajuda a poupar dinheiro: "As nossas refeições vegetarianas são ao mesmo tempo nutritivas e equilibradas, sem falar que têm custo menor que qualquer outra em cadeias de qualquer outro lugar".

"Não sei como não copiam a ideia, porque isso funciona em todos os níveis: financeiramente, para o contribuinte; e a nível de saúde, para os presos", referiu Joe Arpaio, orgulhoso por ser o primeiro a ter uma iniciativa do género nos Estados Unidos. Muitos órgãos de comunicação social acorreram à prisão para ver Pamela Anderson junto dos reclusos.

Publicidade

Com uma camisola vermelha às riscas pretas, maquilhagem ligeira e discreta, foi assim que a atriz se apresentou.

Lado a lado com os presos, Pamela Anderson comeu o primeiro prato vegetariano da prisão e conversou com os companheiros de mesa sobre os benefícios de comer saudável, sem incluir carne na ementa. Muitos deles nunca tinham pensado nisso e mudar os hábitos cria sempre muita resistência, mas, na verdade, desde que foi implementada a medida, parece que o sucesso tem sido a tónica. Muitos reclusos aceitaram começar a mudar os hábitos alimentares e experimentar cortar a carne da alimentação. #Famosos