Não contrariando a tendência de celebridades como Madonna, que é proprietária de uma vinha, e de George Clooney, que têm a sua própria marca de tequila, Brad Pitt e Angelina Jolie, um dos casais mais mediáticos de Hollywood, começou a produzir o seu próprio vinho. Desde a sua primeira produção, em 2012, de um primeiro vinho rosé, que o casal pretendia que o seu negócio chegasse ao grande público. A sua primeira remessa foi produzida nas vinhas das propriedades situadas no sul de França, que pertence aos dois desde o seu casamento e que tem um valor de mais de 40 milhões de euros. Mas foi uma edição limitada, exclusiva apenas para amigos, para alguns restaurantes de alto gabarito em vários pontos do mundo e os vinhos foram oferecidos a alguns dos melhores chefs de cozinha como prenda.

O vinho chega finalmente às grandes superfícies, mas apenas se encontra disponível no Reino Unido. A grande cadeia de lojas Marks and Spencer conseguiu garantir a exclusividade da bebida e já tem à venda o vinho de Brad Pitt e Angelina: o novo "2014 Miraval Rosé". Está disponível pela quantia de cerca de 18 libras ( aproximadamente 25€) por garrafa e é possível adquiri-lo fora do país através da loja online.

O vinho de Brad Pitt e Angelia Jolie conta com a assinatura de Nicolas Perrin, que é um dos mais acreditados produtores vitivinícolas franceses. No catálogo da Marks and Spencer pode ler-se a descrição do vinho como tendo "um intrigante tom rosa pálido" e vários aromas nomeadamente de "morangos, tangerina e ervas campestres", que são equilibrados por "uma acidez extremamente refrescante."

A revista inglesa de vinhos "Decanter Magazine" também faz uma referência ao Miraval Rosé como sendo de uma "extrema elegância que termina num paladar de fazer água na boca". A bebida está na lista dos 100 melhores vinhos do ano e um pouco por todo o mundo o Miraval Rosé tem tido uma grande apreciação por parte dos especialistas, que o aconselham vivamente e o descrevem como sendo um vinho com um grande futuro. #Famosos