Para os mais curiosos, a ideia de ver de perto a mansão de um dos actores norte-americanos mais cobiçados de todos os tempos poderá fazer parte dos planos e projectos para o futuro. Mas, se for uma dessas pessoas, pense duas vezes antes de fazê-lo. De acordo com o Jornal The Telegraph, quem se aproximar da mansão de George Clooney, situada nas margens de Como, em Itália, pode ser surpreendido com uma multa cujo valor poderá chegar aos 500 euros. Com esta decisão, o Presidente da Câmara de Laglio, Roberto Pozzi, pretende agradar o casal, respeitando a privacidade de Clooney e Amal, para que continuem a viver naquele local durante muito tempo.

Publicidade
Publicidade

Recorde-se que, a partir do momento em que o mediático actor adquiriu a propriedade em 2002, por 7,5 milhões de euros, muitos foram os curiosos e fãs que quiseram ver de perto a moradia, chegando ao extremo de tocar à campainha para pedir um autógrafo. Já no verão passado, antes do casamento do actor com a advogada britânico-libanesa, Roberto Pozzi tinha adoptado algumas medidas preventivas semelhantes com o intuito de manter a calma que Clooney procura naquele local mas, desta vez, foi ainda mais longe, estipulando uma multa que pode não agradar a qualquer bolso (vai dos 50 aos 500 euros).

Também na sua mansão em Hollywood foram já aplicadas medidas idênticas para travar a aproximação de olhares mais indiscretos. Assim, para quem se aproximar, de carro ou de barco, a menos de 100 metros das duas villas de Clooney, nomeadamente a Villa Margherita, adquirida mais recentemente com o objectivo de aumentar a sua privacidade, e a Villa Oleandra, corre o risco de ter esta surpresa desagradável.

Publicidade

Para Roberto Pozzi, em declarações ao jornal italiano Corriere della Serra, estas medidas são imprescindíveis para evitar que episódios desagradáveis aconteçam em virtude do fascínio que George Clooney e a sua mulher despertam na população local.

Recorde-se que foi a 27 de Setembro de 2014 que George Clooney, numa cerimónia arrebatadora em Veneza, abandonou definitivamente a imagem de eterno solteirão, unindo-se a Amal Alamuddin, uma britânica, advogada de profissão e acérrima defensora dos direitos humanos. Pouco tempo depois, começaram a surgir os primeiros rumores de separação, mas George Clooney acabou por deitar por terra todos os boatos ao declarar o seu eterno amor por Amal, na cerimónia anual dos Globos de Ouro, a 11 de Janeiro deste ano. #Famosos #Cinema