Este sábado tubarões e empreendedores voltaram a reunir-se no tanque mais conhecido do país. Foram apresentados 6 #Negócios, 3 dos quais conseguiram o investimento de pelo menos um tubarão. No total foram investidos 50 000€. João Koehler e Tim Vieira foram os responsáveis por estes investimentos.

Dinwallets

Guilherme Nunes foi o responsável por abrir as hostilidades. Guilherme Nunes é o rosto por detrás da marca Dinwallets, cujo produto principal são porta-cartões em madeira. Guilherme teve a ideia depois de ver vários dos seus cartões partidos. Para poderem fazer parte deste negócio, os tubarões deveriam entregar a Guilherme 10 000€, em troca dos quais passariam a deter 10% da sua empresa. Os tubarões não aceitaram esta proposta, ainda assim Mário Ferreira e João Koehler fizeram-lhe uma contraproposta.

Publicidade
Publicidade

Mário ofereceu 10 000€ em troca de 10% de royalties, enquanto João ofereceu os mesmos 10 000€ em troca de 8% de royalties. Guilherme ainda tentou renegociar, pedindo que os royalties incidissem apenas sobre os lucros, no entanto, nenhum tubarão aceitou esta proposta. Guilherme tinha de decidir então entre prescindir de 10% ou 8% de royalties ou sair do programa sem negócio. No final, Guilherme abdicou dos 8% e fechou negócio com João Koehler.

FFAN Club

A Mariana Gomes e Diana Costa são as detentoras do FFAN Club, um espaço que alia exercício físico e aconselhamento nutricional e que tem como ponto diferenciador as Kangoo Jumps. As Kangoo Jumps são umas botas com uma mola que nos fazem saltitar. Servem para praticar desporto de forma divertida e sem forçar muito as articulações. O negócio das jovens alimenta-se, deste modo, sobretudo das aulas e do aluguer das botas.

Publicidade

A maioria dos investidores considerou o negócio muito verde e por isso não quis fazer parte dele. Tim Vieira, por seu turno, viu as coisas de maneira diferente e ofereceu-lhes 1 000€ em dinheiro e 9 000€ euros em serviços em troca de 10% da empresa. Mariana e Diana mal viram que não surgiam outras propostas aceitaram prontamente e com um sorriso.

Seeklab

Detida pelos jovens Miguel, José e Rafael, a Seeklab tem um projecto de publicidade aérea. A ideia foi recebida com muito entusiasmo por Tim Vieira que de imediato ofereceu 30 000€ por 50% da empresa e prometeu ainda apoiar os 3 jovens com as viagens que o negócio implicasse. Para os restantes tubarões, a ideia levantou algumas questões legais, o que os levou a afastarem-se mais uma vez. Sem mais nenhuma oferta em cima da mesa, os jovens aceitaram a proposta de Tim em mais uma negociação relâmpago.

Estavam assim investidos 50 000€. No próximo artigo conheça os restantes negócios que passaram pelo tanque no passado sábado à noite.