O maior programa de entretenimento da #Televisão americana do século 21 chega ao fim no próximo ano. O canal Fox anunciou que vai desligar os microfones do American Idol após a conclusão da sua 15.ª temporada. O júri, para esta última séri,e será o mesmo dos últimos dois anos - Jennifer Lopez, Keith Urban e Harry Connick Jr. - e o apresentador será o inevitável Ryan Seacrest que, de resto, faz parte do elenco desde o primeiro dia.

"Não foi uma decisão fácil", dizem os responsáveis da Fox. "O American Idol tem sido muito importante para este canal. Passámos muito tempo a discutir o futuro do programa com os produtores e chegámos à conclusão de que era tempo de acabar.

Publicidade
Publicidade

Mas quisemos fazê-lo de uma forma especial e com o respeito que o programa merece". A Fox fez saber que a última série prestará tributo aos 15 anos em que American Idol se manteve no ar: "Estamos muito entusiasmados com o regresso de antigos jurados e concorrentes. Temos falado sobre possíveis surpresas para os fãs. Queremos que a última série seja tão especial e tão significativa como as outras".

No auge do sucesso do concurso, em 2006, Idol conseguiu atrair uns incríveis 36 milhões de espectadores. É um feito notável, especialmente se considerarmos que a busca pelo maior talento da pop se estendia por 40 episódios, muitos deles com duas horas de duração. A partir da quinta temporada, porém, os ratings foram descendo progressivamente. Este ano, American Idol registou um novo recorde negativo, com 11.6 milhões de espectadores.

Publicidade

Estes números são mesmo assim mais interessantes do que alguns dos programas da Fox e da concorrência, mas Idol é um programa caro e vai ser, por isso, cancelado.

O legado de Idol é gigantesco. O reality show musical deu origem a outros do mesmo formato, como o The Voice ou o X-Factor. O programa fez de Simon Cowell um nome reconhecido à escala mundial e lançou a carreira de artistas como Carrie Underwood, Kelly Clarkson, Jennifer Hudson, Jordin Sparks ou Adam Lambert. A 15.ª temporada tem estreia marcada para Janeiro de 2016. #Música #Programa de Talentos