O espírito empreendedor de José Avillez acaba de dar mais um fruto com a entrada do seu restaurante "Belcanto" diretamente para a 91ª posição na lista dos melhores do mundo em 2015. Localizado em pleno Chiado, junto ao Teatro de São Carlos, o histórico restaurante é gerido pelo famoso chef português desde 2012 e rapidamente ganhou notoriedade internacional com a conquista de duas estrelas Michelin, a última delas em Novembro do ano passado.

Trata-se do primeiro restaurante nacional e do primeiro chef português a receber tal distinção, o que não passou despercebido à organização dos The World's 50 Best Restaurants. A entrega dos prémios está marcada para 1 de Junho, no luxuoso e centenário edifício Guildhall, em Londres.

Publicidade
Publicidade

Figura mediática

Aos 35 anos, o chef Avillez não tem mãos a medir com o trabalho. Além de dividir o seu talento empresarial por cinco restaurantes (quatro em Lisboa e um no Porto), faz ainda as delícias de uma vasta audiência da SIC Mulher na apresentação semanal dos programas "Já ao Lume" e "Combinações Improváveis".

Referência inegável na cozinha portuguesa, partilha diariamente o seu talento com o público das manhãs da Rádio Comercial na condução do espaço "O Chef sou eu", onde sugere receitas e responde a todas as dúvidas colocadas pelos ouvintes. A paixão pela #Culinária levou-o ainda, em Março deste ano, a publicar o seu mais recente livro intitulado "Receitas Leves".

Ao lado de um grande homem...

Recentemente, Avillez foi ainda distinguido com outros prémios de relevo: o prémio "Chef de Cozinha do Ano", pela revista Wine; "Chef do Ano 2014", pelo reconhecido blogue gastronómico Mesa Marcada; e o "Prémio Gastronomia David Lopes Ramos 2014", atribuído pela Revista de Vinhos.

Publicidade

No meio de tanta azáfama profissional, José Avillez não descurou o seu lado pessoal e, após vários anos de vida em comum com Sofia Ulrich, filha do banqueiro Fernando Ulrich, trocaram finalmente alianças no passado dia 2 de Maio. O feliz casal tem já dois filhos, José Francisco e Martinho, de 5 e 4 anos, respetivamente.