O actor brasileiro Henri Castelli publicou uma fotografia típica de 'pai babado', nas redes sociais, no passado sábado, 9 de Maio. Mal o actor sabia das repercussões que a sua publicação no Instagram lhe iria trazer. O caso pode agora terminar em tribunal.

Mas, por partes. Na foto, a filha mais nova do actor, Maria Eduarda, de dois anos, aparece vestida de baiana, no colo da mãe de santo Neide Oyá D'Oxum, em Maceió, no Alagoas. Na legenda, Henri Castelli dedicou umas palavras carinhosas à mãe Neide: "Muita energia boa e muito amor no coração com a sua 'Vovó' preta (...) Eu que infelizmente não tive a alegria de ter uma avó viva, e ela tem uma a mais, de alma", escreveu Henri Castelli.

Publicidade
Publicidade

Ora, depois de muitos elogios à beleza e semelhanças físicas da pequena Maria Eduarda com o 'galã' da Globo, surgiu quem não gostou nem um bocadinho da publicação. Nem mais nem menos do que a mãe da criança, e 'ex' de Henri Castelli.

Também no Instagram, Juliana Despirito, que é assessora de imprensa e evangélica de religião, foi peremptória na resposta ao colocar uma imagem com a seguinte inscrição: "A minha filha foi presente de Deus... Ela não pertence a nenhum outro espírito que não seja o Espírito Santo de Deus". No entanto, nas redes sociais, a ex-companheira do actor foi considerada 'preconceituosa', 'mente fechada' e até 'racista'. Mais tarde, em declarações ao jornal 'Ego', Juliana explicou: "O que me revoltou foi não saber que ele ia levar a minha filha ao terreiro da mãe de santo".

Publicidade

Também no Instagram, a mãe Neide partilhou o seu desagrado: "O tempo do cativeiro já passou. Hoje já não precisamos de nos esconder. E, além disso, temos leis que olham por nós". E este caso poderá mesmo terminar na justiça. É que a representante da mãe Neide, Claudia Puentes declarou ao 'Ego' que a"comunidade negra se sentiu agredida", e que poderão mesmo processar Juliana Despirito pelas declarações.

O actor que já viu estrear, com excelentes audiências, a nova novela da Globo, 'I Love Paraisópolis', fez saber pelo representante que não vai comentar o caso, mas também no Instagram partilhou uma mensagem bastante directa: "Aqui ninguém tem preconceito e é assim é que tem que ser nessa vida. Não ao preconceito racial, de classe social ou religioso. Mais amor e respeito ao próximo. Sem mais", escreveu o actor de 37 anos. #Famosos