A personagem de Paulo Betti foi um "dos maiores desafios da carreira" do ator. Paulo Betti é um gay coscuvilheiro, que vive com as desgraças dos outros e publica-as no seu blogue. Diz-se jornalista, mas, na verdade, só lida com assuntos que ataquem terceiros, especialmente os seus maiores inimigos: Zé Alfredo (Alexandre Nero) e Cláudio Bolgari (José Mayer).

A personagem tem muito relevo na trama e é quem desponta a queda do Império ao publicar as provas recolhidas por Maurílio (Carmo Dalla Vecchia). Téo Pereira é odiado por todos na novela e, normalmente, os vilões têm sempre episódios menos felizes com os fãs, que não distinguem a realidade da ficção.

Publicidade
Publicidade

Paulo Betti estava à espera dessas manifestações menos carinhosas, mas o que aconteceu foi o contrário. A personagem foi bem acolhida pelos brasileiros, à excepção de um.

Roberto DaMatta, um antropólogo famoso no Brasil e muito consultado pelos órgãos de comunicação social para comentar remas relativos à sua área, atacou verbalmente Paulo Betti. A acusação foi feita pelo ator que revelou a uma rádio brasileira que o antropólogo lhe disse "barbaridades em frente à própria esposa". Paulo Betti afirmou que Roberto se manifestou "contra a presença de personagens gays nas #Telenovelas" e que foi "violento nas críticas" que lhe dirigiu.

Paulo Betti não quis parafrasear as palavras do antropólogo por considerar que tem "respeito por quem o ouve" e mais tarde repetiu as palavras no facebook quando se dirigiu aos fãs: "Não direi as palavras pronunciadas em respeito aos meus amigos do Facebook".

Publicidade

Paulo Betti garante que é um defensor dos direitos dos homossexuais e que a personagem o fez perceber "muitos dos constrangimentos que eles vivem todos os dias". Por isso, pede respeito por toda a comunidade gay e quis denunciar o antropólogo por considerar que este não está a agir de acordo com as leis brasileiras.

Convicto de que pode mudar algumas mentalidades, Paulo Betti já se dá por satisfeito pelo facto da personagem ter sido aceite e não lhe trazer mais dissabores na vida pessoal. Segundo o ator, "isso revela que as pessoas estão a mudar a forma de pensar". #Famosos #LGBT