Numa entrevista que concedeu à revista Time, Miley Cyrus afirmou que gostaria que se falasse mais em estar solteiro, para que as pessoas percebam que "podem estar sozinhas" e sentirem-se bem. Miley contou ainda que "houve alturas na minha vida em que tive namorados e outras em que tive namoradas". Miley não quer, no entanto, ficar com rótulo de "bissexual". "Não quero esconder a minha sexualidade. Não gosto de me categorizar como alguma coisa. A sociedade adora colocar rótulos, mas aquilo de que eu gosto sexualmente não me define enquanto pessoa", explicou a cantora.

Miley considera que a sociedade pressiona as pessoas para se definirem sexualmente e diz que prefere ser julgada pelas suas ações do que pela pessoa que namora em determinado momento.

Publicidade
Publicidade

Além disso, a cantora refere sentir-se bem quando está solteira: "Tem muito a ver com o feminismo, mas eu estou bem com a ideia de estar sozinha. Acho que é um assunto que se deveria falar mais: que podemos estar sozinhos e sentirmo-nos bem".

Na semana passada, a cantora foi destaque pelo lançamento da Happy Hippie Foundation, uma fundação sem fins lucrativos, com o objetivo de apoiar, sobretudo, jovens #LGBT (Gays, Lésbicas, Bissexuais e Transgénero) que são sem abrigo. Miley afirmou que "ninguém deveria ter que esconder o seu verdadeiro eu e essa é a razão do lançamento da Happy Hippie Foudation, que terá como papel defender que cada vida tem o seu valor". Só nos Estados Unidos da América existem cerca de 1.6 milhões de jovens sem abrigo e, destes, 40% identificam-se como LGBT, sendo a rejeição da família a principal razão por estarem nas ruas.

Publicidade

Cerca de 1 em cada 3 transgéneros foram, inclusive, recusados em abrigos comunitários, demonstrando o enorme caminho ainda a percorrer contra a discriminação no país.

As redes sociais têm sido o principal meio para a divulgação do projeto. Como forma de ajudar a passar a palavra, a cantora relançou o projeto "The Backyard Sessions", com performances ao lado de artistas como Laura Jane Grace e Joan Jett, que servem de promoção à instituição. Os fãs que desejem fazer doações poderão fazê-lo através do website oficial de Happy Hippie Foundation. #Famosos