Morgan Freeman acredita que a marijuana deve ser legalizada e não teve dificuldade em dizer algumas das razões porque defende a mudança. O ator é um consumidor regular desde os anos 60, altura em que, guiado por Jeanette Adair Bradshaw (a sua primeira mulher e mãe de dois dos quatro filhos do astro), iniciou os primeiros contatos com "erva". As opiniões da estrela de Se7en tornaram-se públicas numa entrevista ao website Daily Beast.

Quando questionado sobre a situação atual do movimento a favor da legalização, Freeman disse: "Este movimento já está à vista há muito tempo, e está a ganhar pernas, pernas mais longas". As características medicinais da marijuana foram o principal argumento utilizado pela estrela, para defender a legalização da mesma, tendo mesmo usado o seu caso como prova.

Publicidade
Publicidade

"A marijuana tem muitos usos (…) Eu tenho fibromialgia neste braço e a única coisa capaz de me dar algum alivio é a marijuana. Falam-se de crianças que têm convulsões e ataques epiléticos e descobriram que a marijuana acalma isso, ao ponto de ser possível que essas crianças tenham uma vida", afirmou o ator.

Freeman ainda mostrou como a marijuana está à frente das outras substâncias e (como qualquer pessoa que viveu bem os anos 60 e todas as mudanças politicas e sociais que a década trouxe) relembrou Woodstock. "Agora, é necessário entender-se que o álcool não tem qualquer uso medicinal. Talvez se beberes somente uma, vais ficar mais relaxado, mas com duas ou três ficas tramado", foram as suas palavras sobre o álcool. Já sobre o histórico festival, o ator referiu que no Woodstock de 1969 não houve "nenhum problema, nem nenhuma luta" por fumarem marijuana, salientando o aconteceu em 1999.

Publicidade

No Woodstock de 99, aniversário dos 30 anos do primeiro festival, o controlo sobre a droga foi apertado, o que resultou em tumultos e detenções.

Legalizar ou não? Parece ser uma questão que divide a nação americana, mas se a opinião de um ator com 77 anos (vai fazer 78, dia 1 de Junho) contar para alguma coisa, legalizar é a coisa a fazer! #Famosos #Curiosidades