Olhamos para as celebridades como figuras-modelo e almejamos conquistar o seu sucesso e a sua vida. Contudo, muitos destes rostos perderam o rumo em algum momento da sua vida e cometeram crimes terríveis, sendo obrigados a cumprir pena. Grande parte destes crimes foram cometidos durante a adolescência destas estrelas, mas há sempre excepções, e há quem os tenha cometido depois de ter atingido o sucesso mundial.

Sobre o rapper norte-americano 50 Cent, é muito provável que tenha ouvido algumas das músicas deste artista, como por exemplo o seu álbum Get Rich or Die Trying, lançado em 2003. Quando o artista tinha 19 anos confessou que vendeu heroína, crack e cocaína, e que passou um período num campo de correcção para adolescentes.

Publicidade
Publicidade

Em 2002, foi condenado a dois anos de prisão por ameaça e violência física.

A socialite Paris Hilton também teve sérios problemas com a lei. É conhecida por ser a mais velha das crianças Hilton e, especialmente, pelo seu papel no reality show Simple Life. Não há evento social que Paris falte e está sempre presente nos meios de comunicação, mas nem sempre pelos melhores motivos. Em 2006, foi presa por conduzir sob a influência de álcool. A sua carta de condução foi suspensa e teve 36 meses em liberdade condicional. No ano seguinte, foi presa duas vezes por conduzir sem carta de condução, o que resultou numa sentença de 45 dias de prisão, dos quais só cumpriu 22.

O artista de rap Eminem ganhou diversas vezes os Grammys durante os anos 2000 e tornou-se um dos mais #Famosos rappers americanos de todo o mundo.

Publicidade

Em 2000, foi acusado de agressão e de possuir uma arma ilegal. Uns meses mais tarde, foi de novo notificado pelas autoridades por ter a posse de uma outra arma sem licença.

Lindsay Lohan iniciou a sua carreira de actriz ainda em criança e participou em séries como Freaky Friday, Just my Luck, Herbie ou Mean Girls. Lohan também teve os seus acessos de má menina e foi presa em 2007 por posse de drogas pesadas. Meses depois, voltou a incorrer no mesmo delito, e foi também acusada de transporte de narcotráficos e de conduzir sob o efeito de drogas. Foi condenada a 1 dia de prisão, 10 dias de serviço comunitário, três anos em liberdade condicional e ainda foi condenada a completar um programa de educação sobre vícios, que durou 18 meses. #Curiosidades