Há poucos dias a SIC estreou a sua nova novela "As Poderosas", mas, a pensar no futuro, a estação pensa já na sucessora de "Mar Salgado", o outro enredo que marca presença atualmente na estação de Carnaxide. Esta nova aposta para já tem o nome de "Cor do Destino". Contudo, a SIC tem novos projectos na manga e o investimento na ficção deve passar a médio/longo prazo pela produção de uma série histórica nacional.

Sobre a nova novela, Luís Marques não quis revelar os nomes que vão integrar a trama, no entanto, terá revelado à TV Guia que "o elenco estará quase fechado", adiantando, de acordo o site Zapping TV, que existirá "um grupo de primeira, com algumas surpresas.

Publicidade
Publicidade

Há atores já fechados que nunca fizeram novela na SIC".

Diogo Morgado é, para já, o único nome oficialmente confirmado (que viu a sua série Americana "The Messengers" ser cancelada, assim como o programa da SIC "Dança com os Golfinhos"). De acordo com a imprensa, também devem marcar presença Luciana Abreu (que está de saída do programa Grande Tarde), Maria João Bastos (atual jurada do Ídolos), Victória Guerra, Cláudia Vieira, Rita Blanco, Diana Chaves e Miguel Guilherme (que terminou o contrato de exclusividade com a TVI).

Uma fonte da SP #Televisão terá revelado à SIC Blogue que as filmagens no exterior devem decorrer no Porto em breve: "em junho já estaremos certamente a rodar as primeiras cenas de exteriores". O Douro também será um espaço influente na história. Ao Diário de Notícias, Gabriela Sobral, diretora de ficção e produção da SIC, contou os motivos para esta opção: "(...) É uma região linda do país, nobre, completamente turística, e que nunca foi explorada, mostrada no seu esplendor.

Publicidade

Vamos ter um núcleo na história ligado aos vinhos".

De acordo com o site Meios & Publicidade, a apresentadora e directora de conteúdos da SIC, Júlia Pinheiro, revelou, durante a iniciativa da Associação de Produtores Independentes de Televisão (que juntou responsáveis pela programação dos 3 canais generalistas portugueses), a preparação de uma série para a SIC: "estamos a ponderar um projecto de uma série histórica em que estamos muito empenhados, é tão boa que vai funcionar". A ideia vai a jogo no concurso do ICA, no âmbito da mais recente medida do Cinema.

Segundo a mesma fonte, Júlia Pinheiro confessou ainda que "(...) uma televisão como a nossa (SIC), que luta pela liderança, que está cada vez mais próxima, não se pode dar ao luxo de arriscar". Recorde-se que em 2010, ano em que Gabriela Sobral trocou a SIC pela TVI, afirmou que a programação do canal de Pinto Balsemão iria contar com ficção portuguesa que contemplava novelas e séries. #Entretenimento