Os canais de televisão norte-americanos FOX, CBS e NBC decidiram proceder a uma verdadeira "limpeza" nas suas emissões, cancelando temporadas de várias #Séries a que o público já se estava a acostumar. Os resultados das audiências apresentados não foram satisfatórios para nenhuma das emissoras. E, quando assim é, e por muito que custe aos fãs, a solução passa sempre por cancelar as séries. Vejamos quais não terão continuação:

FOX

O canal FOX comunicou que vai cancelar The Following, protagonizada por Kevin Bacon. A sua estreia em 2013 parecia promissora, com mais de 10 milhões de espectadores, mas ao fim de três temporadas, este número decresceu em mais de 4 milhões. The Following conta a história da perseguição de um ex-agente do FBI, Ryan Hardy (Kevin Bacon) a um serial killer, Joe Carroll (James Purefoy). O episódio final da série que tem uma base de fãs considerável em Portugal está marcado para dia 18 de Maio.

A FOX decidiu também cancelar a série Backstrom, que tinha estreado recentemente nos canais portugueses.

Publicidade
Publicidade

Rainn Wilson interpreta o detective Backstrom, uma espécie de Dr. House da polícia de Portland, um homem único que não pensa nas suas consequências. Chega ao fim após apenas uma temporada. Outra série a terminar é The Mindy Project, esta após três temporadas.

CBS

A primeira série cancelada pelo canal CBS é Battle Creek, uma promissora série que contava com David Gillian (Breaking Bad) e David Shore (Dr. House) na realização. Josh Duhamel e Dean Winterseredo eram os protagonistas e após uma temporada, Battle Creek vê chegar o seu fim. A actriz Maggie Q continua sem sorte nas séries. Depois de ver a "sua" Nikita ser cancelada, agora é a vez de Stalker, onde interpretava a personagem Beth. The McCarthys é a última série da lista da CBS - por agora - a ser cancelada. A sitcom não teve qualquer impacto positivo junto dos espectadores e foi rapidamente cancelada pela emissora.

Publicidade

NBC

A NBC é a emissora com a maior lista de cancelamentos para a temporada televisiva 2015/16. A primeira é State of Affairs, protagonizada por Katherine Heigle (Grey's Anatomy), era considerada uma combinação de Scandal com The West Wing. Esta série prometia ser um sério caso de sucesso na #Televisão, muito devido à enorme campanha de marketing feita junto do público.

A série Marry Me, criada por David Gaspe (Happy Endings), nem chegou a ser transmitida por completo na televisão. Protagonizada por Casey Wilson e Ken Marino, esta série foi retirada da programação da NBC a quatro episódios do fim da temporada. Ainda não se sabe se o canal vai transmitir estes episódios em breve.

Elle DeGeneres e Liz Feldman tinham tudo para tornar One Big Happy numa boa série de comédia, mas não passou dos seis episódios e já foi cancelada. About a Boy chega também ao fim, depois de duas boas temporadas mas com os números sempre em decrescente. A NBC decidiu não renovar a terceira temporada e reduziu os episódios da segunda de 22 para 20, e comunicou ainda que vai cancelar também a série Constantine.