O presidente do PSG confessou à BBC que pretende reunir Messi e Ronaldo no PSG. Para isso, o clube parisiense terá que vender a sua actual estrela, o sueco Zlatan Ibrahimovic, e tentar convencer os dois melhores jogadores do planeta a juntarem-se em Paris. Ronaldo estará disposto a mudar, mais difícil de convencer será Messi, que está feliz e realizado no Barcelona.

Para 2016, o plano do presidente do PSG, Nasser Al-Khelaifi, é construir o melhor clube do planeta, com a preciosa ajuda do dinheiro das arábias. Depois de mais um título francês conquistado, o presidente quer agora tomar a Europa de assalto e colocar o PSG nas equipas mais poderosas e perigosas do mundo.

Publicidade
Publicidade

Para isso, segundo avança o jornal desportivo "L`equipe", Nasse Al-Khelaifi tem feito "planos secretos" para reunir as condições necessárias para convencer #Cristiano Ronaldo e Lionel Messi a rumar para o PSG.

As condições financeiras do clube da capital francesa não são um problema, contudo, apesar de Ronaldo estar disposto a sair do #Real Madrid para um clube vencedor e que lhe dê mais garantias, vai ser necessário muito mais que o factor financeiro para tirar Lionel Messi do seu clube de coração, o Barcelona. O Real Madrid está aberto a negociar a sua maior estrela, principalmente por Florentino Pérez considerar que o português está numa fase descendente da sua carreira, porém, o Barcelona não está disposto a negociar o passe de uma lenda do clube e, sem sombra de dúvidas, um dos melhores jogadores da história do clube catalão.

Publicidade

Na temporada que agora termina, Messi foi muito superior à concorrência e, após ter perdido nos últimos anos para Cristiano Ronaldo, este ano ninguém lhe retirará o título de melhor jogador do planeta. O argentino contribuiu de uma forma directa para o sucesso do Barcelona, que conquistou a Taça do Rei, a Liga Espanhola e a sua quinta Liga dos Campeões. Para PSG conseguir contratar o duo, terá que vender Zlatan Ibrahimovic e reunir as condições financeiras necessárias. Segundo o presidente do clube, isso só acontecerá em 2016. #Futebol