António Casinhas compareceu novamente no Tribunal de Oeiras esta sexta-feira, dia 19. É acusado do crime de #Violência doméstica e psicológica sobre a ex-companheira, a gestora Alexandra Roque. Em tribunal, esta confirmou ter ofendido Cristina Ferreira e ter feito comentários menos positivos sobre o filho desta. Casinhas manteve um caso com a gestora enquanto ainda era casado com a apresentadora.

A apresentadora da TVI conseguiu, durante bastante tempo, manter em segredo as razões que levaram à ruptura do seu casamento com o ex-jogador de futebol António Casinhas. No entanto, o motivo da separação foi revelado pelo próprio em tribunal, no âmbito de um processo em que é acusado de perseguição e violência psicológica por uma ex-companheira. Ao "Correio da Manhã", uma fonte próxima de Cristina Ferreira afirmou que a apresentadora está chocada por ver a sua vida pessoal assim exposta.

Casinhas manteve uma relação extra-conjugal com Alexandra Roque, que teve início em 2009 e está agora a ser processado por esta ex-companheira, que o acusa de perseguição e violência. Ontem, o ex-jogador de futebol regressou ao Tribunal de Oeiras e ouviu a ex-companheira admitir que ofendeu a mãe do seu filho. Durante a sessão de julgamento, a gestora foi confrontada com diversos emails e mensagens trocados com Casinhas, em que o obrigava a dizer à comunicação social que eram um casal feliz.

Várias das mensagens insultavam a apresentadora e faziam comentários maldosos sobre o filho de Casinhas e Cristina. Numa dessas mensagens, Alexandra terá escrito que "O teu filho terá em dobro a maldade que me desejas". A gestora alegou que o conteúdo das mensagens eram uma resposta às humilhações de que era vítima e revelou, ainda, que recebeu uma mensagem de Casinhas em que este ameaçava atirar-lhe ácido para a cara.

Alexandra admitiu que, quando começou o romance com António Casinhas, já tinha conhecimento de que este era casado com Cristina Ferreira. Relativamente às acusações de ter ofendido o filho do ex-companheiro, negou tê-lo feito, afirmando que gostava muito da criança e que só não passava mais tempo com o menino porque o pai não deixava.

Os dois voltam a tribunal no próximo dia 26, a fim de serem ouvidas testemunhas de ambas as partes. #Famosos #Justiça