O que era para ser um trabalho de três meses acabou por se tornar num caso sério de popularidade que se prolonga há mais de dois anos no ecrã da RTP. Mas 'Bem Vindos a Beirais, a série que relata as aventuras dos habitantes de uma pequena aldeia portuguesa, já tem data para acabar. Os fãs estão contra a decisão da atual direção de programas do canal público e criaram uma petição on-line a defender a continuidade do programa, que já conta com mais de 330 assinaturas.

A série iniciou-se a 13 de maio de 2013 e, inicialmente, estimava-se que o projeto aprovado pelo então diretor de programas da RTP, Hugo Andrade, estivesse no ar apenas três meses.

Publicidade
Publicidade

Mas as aventuras e desventuras dos habitantes da pacata e inusitada aldeia foram um sucesso que levaram a SP, a produtora do formato, e a estação pública a manter o programa no ar. Segundo dados de 2015, 'Bem Vindos a Beirais' tem uma audiência média de 686 mil telespectadores.

No início desta semana, Nuno Janeiro foi o primeiro a colocar a especulação no ar ao anunciar o seu abandono da série. Primeiro pensou-se que seria apenas uma saída, mas outros atores vieram a público manifestar a sua tristeza pelo fim das gravações. Miguel Dias, que na série dá corpo a 'Joaquim', um dos donos da funerária da aldeia, não escondeu que estava "de lágrimas nos olhos" por despir a pele da personagem.

Já Luísa Ortigoso, que há mais de dois anos é a maior beata da aldeia, fez um balanço do trabalho: "Esta é a estatística dos 3 meses previstos: 2 anos, 3 meses, 3 semanas e 1 dia. Durante este tempo, gravámos, para vocês 22.125 páginas, 14.610 cenas, 640 episódios, 25.600 minutos, 426 euros e 40 minutos. São 18 dias inteirinhos a ver Beirais na tv", escreveu a atriz no Facebook.

Publicidade

Luís Aleluia, que zela pela segurança da aldeia na pele do primeiro cabo da GNR, também manifestou a sua tristeza pelo final do projeto, expressando "orgulho" em ser 'beiralense' e agradeceu a todos os espectadores "que fizeram o sucesso deste trabalho".

Após as despedidas dos atores, Daniel Deusdado, atual diretor de programas da RTP, confirmou que a série ia mesmo acabar. Mas, apesar da direção da do canal público estar a trabalhar em novos formatos, ainda há a esperança de manter 'Bem Vindos a Beirais' no ar. Na festa de encerramento das gravações, o diretor da SP, António Parente, afirmou que ainda não tem uma decisão final. Também Virgílio Castelo, consultor da RTP para a área da ficção, adiantou que os responsáveis do canal ainda estão decidir o que fazer quanto à nova grelha.

De imediato, os fãs mostraram-se contra o final da série e foi mesmo criada uma petição on-line que já conta com mais de 330 assinaturas. Com o título "Não deixem 'Bem Vindo a Beirais' acabar", o autor defende que o formato deve um continuar, uma vez que é "o que de melhor existe e existiu nos canais portugueses".

Publicidade

Também no Facebook, os seguidores deixaram comentários de tristeza por esta decisão.

Para já, os espectadores vão poder continuar a ver no ecrã Pepê Rapazote, Oceana Basílio, Lúcia Moniz, Jorge Mourato, Margarida Cardeal, Noémia Costa ou José Boavida, entre muitos outros, até ao final do ano, altura em que terminam os episódios que já estão gravados. #Entretenimento #Televisão